Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Família

Wesley Safadão se pronuncia sobre a pensão do filho

Cantor divulga comunicado: 'Graças a Deus tudo terminou bem'

Redação Contigo! Publicado em 27/07/2018, às 19h51 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Wesley Safadão - Reprodução/Instagram
Wesley Safadão - Reprodução/Instagram

O cantor Wesley Safadão enviou um comunicado oficial para informar o resultado da audiência sobre a pensão alimentícia de seu filho, Yhudy, fruto do relacionamento com Mileide Mihaile, que aconteceu nesta sexta-feira (27) na 12ª Vara de Família do Ceará. De acordo com o documento, ficou acordado que o artista continuará pagando o valor que já praticava desde 2015 - segundo noticiado pela imprensa, o valor exercido pelo artista antes da audiência era de R$ 9 mil por mês. No entanto, há poucos dias, o cantor chorou no Instagram e declarou que não pagava apenas 10 salários mínimos para o filho. 

"Ficou acordado que o valor já pago mensalmente desde 2015, de forma não regulamentada, a partir desta data foi oficializado e homologado pela juíza em prol do filho", informaram nesta sexta. 

A assessoria de imprensa também informou que o processo passou a seguir em sigilo e o cantor “se resguarda a não divulgar os termos acordados no processo”.

“A conciliação foi feita pensando a todo momento no bem-estar de Yhudy. Graças a Deus tudo terminou bem, quero preservar a integridade emocional do meu filhoe  nesse momento só desejo que a paz volte a reinar!”, disse Safadão na nota oficial.

Para finalizar, os representantes do cantor ressaltaram que as informações divulgadas na imprensa sobre a proibição de Thyane Dantas, atual mulher de Safadão, de ir buscar Yhudy na escola não é verdadeira. “Em nenhum momento foi citado o nome de Thyane Dantas no acordo, logo, as informações que foram publicadas não são verdadeiras”, escreveram.

Mais cedo, o Diário do Nordeste teria tido acesso ao resultado do processo sobre a pensão e informou que a mãe do menino, como representante legal, irá receber o valor de 40 salários mínimos - mais de R$ 38 mil por mês. Anteriormente, Wesley pagava oficialmente o equivalente a 10 salários mínimos.  Além disso, a Justiça teria decretado que o cantor deverá pagar uma viagem internacional por ano para o filho e a mãe dele, em primeira classe.

O comunicado oficial não divulgou os valores da pensão.

LÁGRIMAS NO INSTAGRAM

O cantor Wesley Safadão se emocionou ao publicar uma série de vídeos nas redes sociais em que desabafa sobre a disputa com a ex-mulher, Mileide Mihaile.

"Trabalho muito, gosto de espalhar alegria, afinal esse foi o dom que Deus me deu. Hoje eu venho abrir meu coração sobre uma angústia muito grande", disse ele. "Algo que me dói muito é ver que estou sendo julgado sem ter me pronunciado. E toda história que se conta tem três lados: duas versões e a verdade. E o tempo é o senhor da razão", completa o cantor.

O cantor seguiu em seu desabafo e disse que quer proteger os filhos.

"É difícil demais falar essas coisas porque por mais que eu seja uma pessoa pública, eu não queria que meus filhos sofressem. É muito difícil ver tudo isso que tá sendo publicado, tudo isso que tá sendo falado, mas eu entendo que o Yhudi vai crescer. E eu não quero que ele veja o pai falando da mãe", afirmou.

Muito emocionado, o cantor reiterou que cumpriu todos os seus compromissos. "Após a união estável eu comecei a pagar um valor a mais além de todos os pedidos. Quero deixar bem claro que não foi só dez salários mínimos", disse.

Sobre a separação, ele afirmou que não estava feliz e que nada acabou da noite para o dia. "Eu não sou um cara perfeito. Eu sou um ser humano, mas desde que eu coloquei Deus na minha vida eu tenho um casamento blindado, sou um cara feliz", disse.

Ao fim, ele lamentou que a polêmica tenha alcançado tanta repercussão e agradeceu o carinho dos fãs. "Esse momento tem servido para ver o quanto sou amado", disse.

DISPUTA

Envolvido em uma disputa judicial, Wesley Safadão se pronunciou em junho em um comunicado enviado através de sua assessoria de imprensa sobre a polêmica. "Em nenhum momento o cantor entrou na Justiça para diminuir os valores pagos ao filho, pelo contrário, o pedido é para aumentar a oferta de benefícios e para que a juíza determine de maneira mais específica a forma como os recursos devem ser pagos e destinados, já que o objetivo é que essa quantia proporcione a manutenção e bem-estar da criança", diz a nota.

Ainda nesta terça, a atual mulher do cantor, Thyane Dantas, se manifestou nas redes sociais. "Quando vocês vão entender que o que está sendo levantado não é o pagamento da pensão de um filho? Porque isso o meu marido sabe exatamente quais são as obrigações de pai, e espera poder exercer os seus direitos. O que ele pediu na justiça cabe em seu direito e o pedido não diminui nem 1,00 do valor que se recebe. Lamentável como julgam uma situação sem conhecer por direito. É fácil apontar quem é a vítima no meio a tantas apelações, não é mesmo?", escreveu ela.