Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Últimas

Joelma relembra violência doméstica e se emociona: ''Não era nem para eu estar viva hoje''

Cantora abriu seu coração ao lembrar das agressões sofridas pelo ex-marido, Ximbinha

Redação Contigo! Publicado em 12/11/2018, às 13h21 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Joelma relembra violência doméstica e se emociona: ''Não era nem para eu estar viva hoje'' - Divulgação / TV Globo
Joelma relembra violência doméstica e se emociona: ''Não era nem para eu estar viva hoje'' - Divulgação / TV Globo

Joelma abriu seu coração após participar do novo quadro do jornal, Fantástico, na noite deste domingo (11). 

Em uma conversa com a atriz, Luiza Brunet, a cantora comentou sobre as agressões sofridas no seu antigo relacionamento com o músico, Ximbinha.

"Arrancaram todas as minhas forças. Eu me senti como se fosse um zumbi, como se eu não conseguisse andar com as minhas próprias pernas, como se eu não conseguisse pensar com a minha própria cabeça. Mas eu disse: 'vou me levantar. Um passo de cada vez, mas vai. Eu tô no chão, estou. Mas eu vou me levantar'", disse. 

"Quando você passa (por um relacionamento abusivo), você não consegue ver, né? Eu to viva porque, um cantor que trabalhava comigo, me tirou da mão da pessoa na hora. Porque não era nem para eu estar viva hoje",

Ela por fim mostrou toda sua felicidade e alegria com a nova vida.

"Hoje eu me sinto plena, completa. Mas para as pessoas que estão passando por isso, neste momento, é possível você recomeçar, dar a volta por cima. Hoje, ninguém vai me impedir de ser feliz", finalizou.

Joelma se separou de Ximbinha em 2015 e recorreu a justiça pedindo uma medida protetiva pela lei Maria da Penha.