Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Ex-BBB Danrley tem sexualidade questionada e dá lição de moral em seguidores

Ex-brother volta a defender sua heterossexualidade e manda recado: "Masculinidade frágil"

Redação Contigo! Publicado em 15/07/2019, às 16h09 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Danrley - Reprodução/Instagram
Danrley - Reprodução/Instagram

O ex-BBB Danrley Ferreira voltou a ter sua masculinidade questionada por alguns fãs após surgir rebolando em um vídeo ao lado de sua companheira de confinamento, Elana.

Com tranquilidade e bom humor, o ex-brother, mais uma vez, negou que seja gay e, de quebra, deu uma lição de moral em quem gosta de estereotipar as pessoas.

“Vamos falar sobre masculinidade. Muita gente disse que tem certeza que sou gay por que estou dançando rebolando nesse vídeo. Gente, um homem hétero também pode rebolar, não me faz menos hétero, ou sei lá. Não precisamos ficar mostrando o tempo todo o quão somos machões . Se você tem certeza do que você é e do que você gosta, fica tranquilo. Não precisa ficar a cada segundo provando que você é macho. Vejo gente que não se cuida, que deixa de ser vaidoso por que acha que é “coisa de gay”. Que é isso gente?”, disse ele em meio a risos.

O rapaz continuou falando sobre a fragilidade da sexualidade que impede alguns homens de fazerem o que desejam, inclusive, demonstrar afeto.

“Entra a famosa masculinidade tóxica/frágil, onde não podemos ter afeto, não podemos abraçar ou beijar outro homem no rosto ou ao menos conversar a uma certa distância que aí já é “coisa de gay”, não galera. Calma lá. Se você sabe o que é não precisa provar nada pra ninguém. E outra, coisa de gay, muitos homens héteros têm que aprender muito com os gays. ‘Pô’, vamos nos amar, abraça mesmo teu amigo, teu pai. Ser carinhoso e se cuidar não faz de você menos homem não”, finalizou.

DESABAFO

A namorada do ex-BBBLarissa Celestino postou um desabafo dizendo sentir falta dos velhos tempos, antes da fama conquistada na última edição do reality, vencida por Paula Von Sperling.

"Meu primeiro Dia dos Namorados namorando, e eu só queria meu namoro de antes do BBB de volta. Eu gostava do Dan vendedor de picolé, professor particular, que às vezes pagava o lanche [...] Que vinha me encontrar no trabalho e ficava horas estudando do lado de fora para me esperar sair".

Veja: