Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Eita!

Ti-Ti-Ti: Bruna engole preconceito e acolhe Julinho após tragédia: "Nunca vou te abandonar"

O rapaz perderá pessoa importante e será acolhido por quem mais o rejeitou; confira

Redação CONTIGO! Publicado em 16/07/2021, às 14h22

O rapaz perderá pessoa importante e será acolhido por quem mais o rejeitou; confira - Reprodução/TV Globo
O rapaz perderá pessoa importante e será acolhido por quem mais o rejeitou; confira - Reprodução/TV Globo

Em Ti-Ti-Ti, Julinho (André Arteche) passará por situação difícil ao visitar a mãe em estado terminal no hospital, e Bruna (Giulia Gam) aparecerá de surpresa para apoiar o cabeleireiro.

Nos próximos capítulos da trama, a madame, que expulsou o namorado de Osmar (Gustavo Leão), seu filho morto, deixará o preconceito de lado e prometerá cuidar do rapaz como se ele fosse da sua família. "Meu filho", disparará a mulher.

Após descobrir a situação da mãe de Julinho, Bruna não pensará duas vez e irá ao hospital e se apresentará: "Eu sou amiga do seu filho, eu cuido dele. Eu prometo para a senhora que ele vai ficar bem", afirmará a mãe de Edgar (Caio Castro).

Já quase sem força, a doente dirá que já pode morrer tranquila por saber que Julinho não ficará sozinho. "Não, mãe! Mãe! A minha mãe, dona Bruna. Eu não tenho mais ninguém", declarará o jovem, ao observar a morte da mãe.

Gustavo (Leopoldo Pacheco) estará na sala de espera e perguntará pelos irmãos do rapaz, que estarão levando uma vida simples longe do pai agressor. O empresário prometerá ajudar a manter as crianças com uma quantia razoável para pagar tudo relacionado a educação das crianças.

Em choque, Julinho continuará lamentando a morte da mãe, mas será acolhido por Bruna. "Você vai ficar bem! Agora, você é meu filho e eu não vou te deixar sozinho nunca, vou sempre te proteger e nunca vou te abandonar. Me perdoa!", finalizará a veterana.

VIXE

Jaqueline (Cláudia Raia) mudou completamente. No convento, ela vem conquistando a confiança de dona Soledad (Berta Loran), defensora da instituição religiosa. Conservadora, a veterana confiscará a herança do neto, Thales (Armando Babaioff), ao saber que ele é homossexual e condiciona a devolução do dinheiro a um casamento hétero.

A senhora convence Jaqueline a ajudá-la a levar o rapaz para os caminhos de Deus.A mãe de Thaísa aceitará a missão, no entanto, ao conhecer Thales, percebe não haver nada de errado com ele, que tudo não passa de conservadorismo descabido da avó. Os dois criam uma linda amizade, até que decidem se casar para recuperar a herança do surfista.