Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Padre Marcelo Rossi sofre golpe na justiça e livro é proibido de ser vendido em todo o mundo

Após decisão da justiça, livro 'Ágape' não pode mais ser comercializado em todo o mundo

Redação Contigo! Publicado em 12/04/2019, às 15h57 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Padre Marcelo Rossi sofre golpe na justiça e livro pode ser retirado das lojas - Reprodução
Padre Marcelo Rossi sofre golpe na justiça e livro pode ser retirado das lojas - Reprodução

O padre Marcelo Rossi foi condenado na justiça após uma acusação de plágio. A partir desta sexta-feira (12), o livro Ágape está proibido de ser comercializado. A punição imposta pela liminar é uma multa de duas vezes o valor de casa exemplar vendido a partir da notificação oficial.

O processo foi movido pela escritora Izaura Garcia que chegou a fazer um acordo com a editora Globo Livros. Ela própria explicou nas redes sociais o caso.

“Muitas pessoas estão pensando que autorizei e depois descumpri. Não é nada disso. Eu saí pra comprar esse livro e, quando comecei a ler, me deparei com meu texto. Entrei em contato e chegamos a um acordo que, posteriormente, seria corrigido. Infelizmente, não foi isso que aconteceu. Não quebrei o contrato e não estou atrás de mais dinheiro. Apenas estou cobrando aquilo que é meu direito”, explicou a autora.

BEST SELLER

O livro Ágape foi lançado em 2015. Tempos depois, a escritora entrou na justiça afirmando que trechos de sua propriedade foram copiados. Ela pediu R$ 50 milhões na Justiça em um processo que move contra Rossi e a editora do Grupo Globo por conta do best-seller.

As informações são do jornalista Alessandro Lo-Bianco, do programa A Tarde É Sua.