Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Claudia Rodrigues é internada em SP

A atriz sofreu uma crise, provavelmente de fundo emocional, e está fazendo uma bateria de exames, no hospital Albert Einstein

Redação Contigo! Publicado em 30/05/2017, às 14h41 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Claudia Rodrigues é internada em SP - Fotos: Rogerio Pallatta
Claudia Rodrigues é internada em SP - Fotos: Rogerio Pallatta
Desde o início do ano, Claudia Rodrigues, 45 anos, tem tratado, de forma intensa, a esclerose múltipla, descoberta aos 30 anos de idade, na clinica Cevisa, no interior de São Paulo. No entanto, o tratamento intenso de reabilitação do transplante de células-tronco precisou ser interrompido, pois a atriz sofreu uma crise, de provável fundo emocional, que a fez ser internada na segunda-feira (29), no hospital Albert Einstein, na capital paulista. "Ela teve alguns problemas emocionais que a incomodaram muito, sem contar o meu estado de saúde. Eu precisei tirar o útero e um pedaço do fígado e isso acabou a abalando muito a atrapalhando tudo. Viemos para o Eistein e ela está fazendo uma bateria de exames. Graças a Deus, hoje, ela está bem melhor", disse Adriane Bonato, amiga e empresária da artista. Claudia foi levada ao hospital com sintomas de desmaios, visão dupla e confusão mental e segue sem previsão de alta. "Os olhos já estão no lugar e ela já está conseguindo andar e falar, o que não fazia ontem, pois estava em uma cadeira de rodas, não tinha conexão entre as falas e a dicção estava bem comprometida", relata Adriane, que estava junto com a atriz na clínica e, até agora, não sabem o que ela tem. 

Claudia, na clínica Cevisa. Lá, ela também mora com a filha Iza

Em março, CONTIGO! conversou com Claudia e ela estava muito otimista. “Que benefícios eu teria se passasse a vida inteira reclamando? Nenhum! Quando soube do diagnóstico da esclerose, perguntei para o médico se poderia ser mãe e esse era o motivo do meu receio. Não senti medo de morrer, pois tinha o desejo de viver para continuar trabalhando e educar uma criança. Tive meus momentos de tristeza, principalmente quando fui demitida, mas nada absurdo. Entreguei o meu futuro nas mãos de Deus e falei: ‘Se Você quiser me levar, me leva agora. Se não, me deixa quieta aqui, por favor, que eu vou ficar melhor do que eu era”, disse a atriz, rindo.