Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Polêmica

Carolina Dieckmann sai em defesa de Fábio Assunção nas redes: ''Piada tem limite''

Global recebeu vários elogios dos internautas por defender o colega dependente químico

Redação Contigo! Publicado em 25/02/2019, às 12h44 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Carolina Dieckmann sai em defesa de Fábio Assunção nas redes: ''Piada tem limite'' - Reprodução / Instagram
Carolina Dieckmann sai em defesa de Fábio Assunção nas redes: ''Piada tem limite'' - Reprodução / Instagram

Em meio a várias piadas por sua reputação, Fábio Assunção ganhou a atenção e o carinho da amiga, Carolina Dieckmann, que decidiu levantar a voz contra este tipo de 'satirização'.

Com todas as brincadeiras, especialmente nesta época de carnaval, a loira recompartilhou um post feito por outro amigo, que sai em defesa do ator. "Além de figura pública, apresento a vocês um ser humano portador de uma doença chamada dependência química. Alguém faz piada com atores que têm câncer?".

Em seguida, ela acrescentou ao discurso: "Para dizer que piada tem limite, sim. Já o amor e a empatia são infinitos. Bora tomar cuidado para que nossa alegria no carnaval não seja motivo de tristeza para alguém. Temos muito a aprender. Boa folia e muito mais amor", finalizou. 

QUEBRA DE SILÊNCIO

Vale lembrar que, em janeiro, o próprio ator decidiu quebrar o silêncio e comentar sobre uma música que leva o seu nome. Na letra, a canção ironiza a dependência do ator. “Hoje eu vou beber. Hoje vou ficar loucão. Hoje eu não quero voltar pra minha casa, não. Hoje eu vou virar o Fábio Assunção".

Nas redes sociais, ele surpreendeu os internautas com seu posicionamento e contou: 

Foi pensando nisso que eu, minha equipe de comunicação e o corpo jurídico que me atende, decidimos entrar em contato com os meninos e tornar essa história um ato propositivo de ajuda a quem precisa e de conscientização de quem pode ainda acreditar ser um super herói. 100% dos valores arrecadados com a música serão doados para as instituições A e B como um ato irmanado entre quem sente essa dor e quem tem voz para ampliar a conscientização das pessoas". 

Nós não somos super heróis. Cuide de você, cuide de quem você ama, cuide dos seus amigos nas festas. Seja responsável. Olhe pro outro e pra você, e se estiverem passando dos limites, ativem o modo! Lembrem que Fabão aqui respeita a zueira, ama a brincadeira, mas quer vocês bem e vivos! Fortes, felizes e conscientes de seus atos e de suas vidas", finalizou. 

Veja!