novelas   / MAIS ÁGIL

Sem tempo para barriga, 'Amor de Mãe' pode sair ganhando após pandemia

Encurtada, novela não corre o risco de se prolongar demais

Leandro Fernandes Publicado sexta 17 julho, 2020

Encurtada, novela não corre o risco de se prolongar demais
'Amor de Mãe' pode sair ganhando da pandemia - Divulgação/Globo/Camilla Maia

Entre todas as produções atingidas pela panemia do coronavírus, Amor de Mãe pode ser uma das poucas que sairá ganhando.

A novela das nove teve as gravações interrompidas em um momento crucial da trama - a virada de Thelma (Adriana Esteves), que se tornou uma assassina para proteger seu segredo. Em vez de retornar e seguir como era esperado até o fim, a novela terá apenas mais 23 capítulos, exibidos apenas em 2021.

A boa notícia é que a trama de Manuela Dias já tinha quase quatro meses de exibição. Os personagens estavam já desenvolvidos e estabelecidos. Os conflitos já tinham sido traçados e estavam sendo aprofundados. É geralmente nesse ponto das novelas que surge a famosa barriga -  quando a trama não anda, apenas fica circulando em torno de si mesma para se alongar.

Com a obrigação de fechar as histórias em 23 capítulos, a autora tem uma chance de deixar a novela melhor. Desde o início da trama, muita gente achava Amor de Mãe com mais cara de série, principalmente pela premissa direta. Com o tempo, as coincidências foram ficando mais absurdas e muita gente acabou espantada, ainda que a audiência tenha crescido. Em 23 capítulos, mais que o normal para uma temporada de série brasileira, talvez os dramas de Lourdes (Regina Casé), Thelma e Vitória (Thais Araújo) fiquem menos inacreditáveis.

Outro ponto importante é que a novela pode focar a verba e os esforços para produzir 23 capítulos excepcionais, com ritmo acelerado. Não será nada surpreendente se, a cada semana, tivermos um capítulo que mexa com as estruturas e bata os recordes de audiência. Claro que os protocolos de higiene da Globo podem dificultar um pouco finais satisfatórios, mas, nessa situação tão única, talvez a abordagem da pandemia dentro da novela acabe sendo um dos pontos fortes.

Vale também lembrar que a Globo quer encurtar todas as produções - enquanto nos anos 90 as novelas chegavam a ter quase 200 capítulos, a emissora quer agora limitar as novas a no máximo 150. Se tudo der certo, Amor de Mãe pode provar que novelas curtas podem funcionar melhor que as que se estendem demais.

E SALVE-SE QUEM PUDER?

No caso da novela das sete, caso fosse encurtada, a trama perderia bastante. A novela de Daniel Ortiz tinha apenas dois meses de exibição quando foi interrompida.

Fato é que Salve-se Quem Puder também só retornará em 2021, após uma segunda reprise no horário. A trama já perdeu um dos principais atores do elenco, o português José Condessa, que era par romântico de Luna (Juliana Paiva) e corre o risco de perder Sabrina Petraglia, que está grávida.

Último acesso: 09 Aug 2020 - 05:53:48 (1117189).