Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Sem noção

Ao pedir orações para Paulo Gustavo, Tatá Werneck recebe pedido de mutirão para Juliette e se revolta: "Vocês estão malucos"

Fã sem noção da participante do BBB21 passou dos limites; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 03/05/2021, às 21h06

Tatá Werneck se revoltou com resposta bizarra nas redes sociais - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo
Tatá Werneck se revoltou com resposta bizarra nas redes sociais - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo

Insanidade coletiva? Tatá Werneck ficou revoltada após receber uma mensagem no mínimo bizarra nas redes sociais.

Nesta segunda-feira (03), após pedir que os fãs rezem pela recuperação de Paulo Gustavo, a humorista não gostou nada de receber um pedido para fazer um mutirão pela vitória de Juliette no BBB21.

"Para de se preocupar com essas coisas, Tatá. Puxa mutirão pra Juliette, o importante é fazer ela campeã. As torcidas vizinhas tão puxando mutirão pro Fiuk", escreveu a pessoa.

A apresentadora se indignou: "Olha o que sou obrigada a ler num momento como esses. Vocês estão malucos? Vocês tem coragem mesmo de escreverem esse tipo de mensagem? Sua imbecil! A Juliette não merece ter perto dela uma pessoa sem coração com você".

Muitos apontaram que a conta seria falsa, se passando por um fã da BBB. No original, Tatá havia feito um apelo emocionado para que mandem boas energias para o amigo.

Veja:

ESTADO DE SAÚDE GRAVE

Nesta segunda-feira (03), foi divulgado a imprensa que o ator e comediante Paulo Gustavo teve uma piora preocupante em seu quadro clínico.

Ainda na UTI, o relatório diz que o cineasta interagiu com a equipe médica e com o marido no dia anterior, porém, com a chegada da semana, houve notícias ruins:  "À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”.