Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / crise familiar

Alex Escobar desabafa sobre problemas com o filho: ''Não estamos nos falando''

O apresentador falou abertamente sobre o caso e revelou que os dois não se falam

Redação Contigo! Publicado em 30/10/2019, às 12h38 - Atualizado às 12h39

Alex Escobar fala de crise com o filho no TV Fama - Divulgação/RedeTV!
Alex Escobar fala de crise com o filho no TV Fama - Divulgação/RedeTV!

Alex Escobar falou, em entrevista ao TV Fama, exibida na noite de terça-feira (29) pela RedeTV!, sobre a relação conturbada que tem com o seu filho, Pedro.

A repercussão começou quando o jovem publicou uma mensagem expondo as supostas atitudes do pai ao descobrir que ele era gay, depressão e até tentativa de tirar a própria vida.

"Resumindo, a gente tem problemas desde muito cedo. É tão difícil explicar, e explicar sem ele do lado é muito injusto, pois cada um tem uma versão. A gente não está se falando, mas eu como pai estou com os braços abertos para, a hora que ele quiser me procurar, a gente se entender. Vou estar sempre pronto para recebê-lo", garantiu. 

No entanto, o jornalista esportivo não sabe quando isso irá acontecer. "A gente está esperando esfriar um pouquinho. O que ele fez foi grave, ele foi bem longe, já se explicou. Uma hora a gente vai se entender". 

Por fim, Alex revelou que não consegue compreender o que levou o filho a fazer isso. "De coração, eu não consigo entender. Tem umas coisas na vida que a gente não consegue explicar, tem que passar por isso. Mas tenho muita fé em Deus que um dia a gente vai se entender e isso vai virar poeira. É o que eu espero, de verdade", continuou. 

ENTENDA
A relação conturbada do jornalista com o filho, Pedro Escobar, foi exposta na web pelo rapaz. Ele afirmou que o pai não o aceitou quando assumiu ser homossexual e que ele não paga a pensão alimentícia.

Para finalizar, ele fez um apelo e detonou o pai. "Estou a beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como mimimi. Esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como mimimi. Eu não tenho renda para entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso venho aqui pedir socorro aos meios de comunicação."