Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Apuração

Aeronáutica investiga se avião de Marília Mendonça bateu em torre de alta tensão antes de cair em MG

Pilotos e moradores da região relataram o rompimento de fios perto da pista de pouso de Caratinga

Redação CONTIGO! Publicado em 05/11/2021, às 20h09

Pilotos e moradores da região relataram o rompimento de fios perto da pista de pouso de Caratinga - Reprodução/Instagram
Pilotos e moradores da região relataram o rompimento de fios perto da pista de pouso de Caratinga - Reprodução/Instagram

Marília Mendonça morreu nesta sexta-feira (5), após a queda do avião em que estava em Caratinga, Minas Gerais. Agora, a Aeronáutica está investigando várias hipóteses que levaram à morte da cantora aos 26 anos. Uma das principais possibilidade é de que a aeronave tenha colidido contra fios de alta tensão.

A informação preliminar relatada por testemunhas e pilotos que sobrevoaram a área próximo ao momento do acidente foi que a aeronave pode ter rompido os fios de alta tensão conectados à torre próxima ao local do acidente.

Segundo informações do G1, uma testemunha relatou às autoridades que, após colidir contra os fios, o avião em que Marília estava teria perdido um motor. A aeronave tinha dois motores, mas, segundo essa testemunha, que também é piloto, a aeronave teria perdido sustentação com a colisão (estolado).

Ainda de acordo com o jornal, órgãos aéreos da região já haviam recebido relatos de outros pilotos antes do acidente da cantora, nos meses de setembro e agosto, de que fios elétricos atrapalhariam o pouso no aeródromo de Caratinga.

Em nota, a Aeronáutica informou que "investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA 3), localizado no Rio de Janeiro (RJ), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA)" foram deslocados para o local da tragédia para apurar o acidente.

"Na ação inicial, os investigadores identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas, reúnem documentos, etc. Não existe um tempo previsto para essa atividade ocorrer, dependendo sempre da complexidade da ocorrência", afirmou a FAB.

"O objetivo das investigações realizadas pelo Cenipa é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes", disse a Aeronáutica.

Marília Mendonça não resistiu após a queda do avião em que ela seguia para Caratinga, em Minas Gerais. Até o momento não se sabe a causa do acidente.

LUTO

A cantora Marília Mendonça morreu em um acidente de avião na Zona Rural da Caratinga, em Minas Gerais.

A sertaneja faleceu com apenas 26 anos e deixou um filho de um ano e 10 meses, o Leo. Fruto do seu relacionamento com Murilo Huff, o pequeno nasceu dia 16 de dezembro de 2019.

Muito apegada ao filho, ela compartilhava nas redes sociais como era difícil deixar o pequeno em casa para ter que trabalhar e cumprir sua agenda lotada.