Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Família

Ticiane Pinheiro proíbe a filha ter redes sociais e se explica na web

Apresentadora justificou decisão ao proibir a filha de usar as redes sociais; entenda

Redação Contigo! Publicado em 03/05/2019, às 09h34 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Ticiane Pinheiro e Rafaella Justus - Reprodução/Instagram
Ticiane Pinheiro e Rafaella Justus - Reprodução/Instagram

TicianePinheiro participou do canal de AnaHickmann e no papo com a amiga falou sobre a maternidade e a criação de Rafaella, de 9 anos, fruto do relacionamento com Roberto Justus. 

“Educar é a parte mais difícil. A Rafa está no 9 anos e acha que sabe tudo e que pode tudo. Tem a personalidade superforte. Quando ela estava na minha barriga eu falava que queria que ela viesse com a personalidade forte do pai e o coração da mãe. Me ferrei! Podia não ser tão forte. É difícil colocar limites e dizer não. Sempre fui no instinto. Várias coisas ela me pergunta e eu falo: ‘Vai no Google’. Não sei responder, eles são muito inteligentes nessa idade". 

Separada de Justus, Ticiane decidiu dar um celular para que os pais possam se comunicar.

”Sempre estou de olho no que ela está vendo. A gente controla. Dei um celular para ela aos 7 anos. Como sou separada e o Roberto viaja e quer fazer FaceTime com ela, eu quero fazer FaceTime com ela. Não preciso ligar para o pai dela para falar com ela. Quando quero, ligo para ela. Mas nao deixo ela ter rede social. Ela me pede muito para ter Instagram, mas as pessoas são muito maldosas e ela vai ler comentários que ela ainda não tem inteligência emocional". 

“A gente escuta comentários que não são bacanas e se magoa. Mas sempre fui uma mulher muito forte, mas falo para ela: ‘Tem gente que fala que a mamãe é horrorosa, que a mamãe não é legal, que a mamãe é chata. Eu apago, mas não fico triste. Você vai ficar triste", acrescentou.

Ticiane relembrou uma situação complicada com a filha. “Teve uma situação  em que ela estava na Bahia e um japonesinho chegou nela e perguntou: ‘Por que ele falou isso para mim?’. Eu disse: ‘Não sei, vai lá e pergunta para ele porque o deles é puxado'. E eles ficaram brincando".