Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

Sabrina Sato rebate críticas após não passar o Carnaval com a filha: ''Filho vem pra somar''

Nas redes sociais, apresentadora justificou folia agitada após ser mãe - e se pronunciou sobre críticas

Redação Contigo! Publicado em 11/03/2019, às 11h43 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Sabrina Sato - Reprodução/Instagram
Sabrina Sato - Reprodução/Instagram

A apresentadora Sabrina Sato se pronunciou nesta segunda-feira (11) sobre as críticas que sofreu após não parar um segundo no Carnaval.

Ela emendou compromissos profissionais e preocupou alguns seguidores.

"Só agora to conseguindo escrever porque ontem passei o dia descansando com a Zoe. Muita gente me perguntou porque não fiquei quieta nesse carnaval e fiquei apenas cuidando da Zoe, já que filho ocupa o nosso tempo todo e preenche a gente com muito amor. O que acontece é que o nascimento da minha filha me deixou ainda mais forte e confiante, pronta pra encarar todos os desafios que aparecem na minha frente", disse.

Segundo ela, os compromissos em camarotes e nas Escolas de Samba não comprometeram a relação com a filha.

"Filho vem pra somar e eu quero que ela saiba o amor e respeito que a mãe dela tem pelas pessoas. Quero ter muitas histórias pra contar pra ela, como desse carnaval que foi o mais emocionante da minha vida. Não foi fácil porque foi uma superação diária pra dar conta da maternidade e dos compromissos com minhas escolas, mas tudo deu certo porque tenho uma equipe que é uma família e uma família que é muito unida", disse.

Sabrina agradeceu o carinho e o empenho da equipe que oferece todo o apoio necessário para que tudo se organize bem.

"Eles se organizam, amam, trabalham, torcem, vibram, se emocionam, fazem acontecer... em nome da minha equipe, agradeço todos nossos parceiros que confiaram na gente mais um ano, aos amigos e família presentes, a imprensa que me trata com respeito e carinho, os foliões que me animam com suas torcidas, o povo do samba, o pessoal que limpa tão bem os sambódromos, a tia da cozinha do camarote que me deu um monte de coxinha de novo, minha mãe que se não estava ao meu lado, estava ao lado do meu bem maior, todos que trabalham e amam o carnaval", disse ela.