Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Família

Fernanda Gentil se derrete pela mulher e fala dos planos de ter mais filhos

Apresentadora conta tudo sobre sua família em novo vídeo

Redação Contigo! Publicado em 06/03/2019, às 22h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Fernanda Gentil e Priscila Montandon - Reprodução / Instagram
Fernanda Gentil e Priscila Montandon - Reprodução / Instagram

A apresentadora Fernanda Gentil falou abertamente sobre seu relacionamento com a jornalista Priscila Montandon. Ao participar de um vídeo no canal da atriz Thais Fersoza, ela relembrou o que mais chamou a sua atenção quando conheceu a mulher, com quem está casada desde 2018.

“Eu tenho para mim que você não ama carcaça, você ama caráter, lá dentro, no fundo. E foi exatamente isso: um caráter incrível, uma pessoa fenomenal, de uns valores muito parecidos com os meus, que prega a mesma coisa, que acredita nas mesmas coisa, o jeito de lidar com as pessoas, o jeito de lidar, a desenvoltura, a beleza... A gente bateu em um lugar que é muito especial para nós duas. As criações das duas, das famílias são muito parecidas”, afirmou.

E com tantos elogios, as duas pretendem aumentar a família – Fernanda já tem dois filhos: Gabriel e Lucas, que é o afilhado dela, mas criado como um herdeiro de coração. No entanto, a apresentadora confessou que não tem o desejo de engravidar novamente. “Eu não tenho saudade da barriga, de engravidar de novo... Eu não penso em engravidar. Eu penso em criar gente. Se tiver que engravidar, beleza, se for eu ou ela. Quando eu penso em ser mãe, eu quero criar mais gente. Junto deste pensamento vem também dinheiro, espaço físico, violência... Eu peço muito para ter condição de disseminar mais o bem dentro da minha casa, me dá mais espaço, mais dinheiro, mais disposição física, mais saúde, principalmente”, afirmou ela.

Fernanda ainda falou sobre o seu estilo de família, já que é casada com uma mulher e cria o afilhado como um filho. "Lá em casa família é o que? Não importa de onde veio, como veio, quem fez, quem não fez, se chegou ontem, se é negro, se é branco, se é pobre. Está amando de doer? Dá saudade de chorar? Está na família. Pode vir. Tem amiga que praticamente mora comigo, tem a Priscila que chegou depois, tem o Gabriel que veio da briga, Lucas que é de coração. Vai dizer para um que não é irmão do outro? Boa sorte".