Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Izabel Alvares, vencedora do Masterchef, revela: "Não sou competitiva"

Seis meses após vencer a segunda temporada, ela abraçou a culinária e se prepara para embarcar para a França

Ligia Andrade/ Fotos Fabrizia Granatieri Publicado em 05/04/2016, às 07h58 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Izabel 2 - Fabrizia Granatieri
Izabel 2 - Fabrizia Granatieri
Abóbora é a queridinha da vez. Tudo o que envolva esse fruto tem feito Izabel Alvares, 32 anos, vencedora da segunda temporada do MasterChef (Band) salivar. “Tenho trabalhado com ela de várias formas. Estou apaixonada!”, revela. De setembro de 2015 para cá, a vida da carioca, até então produtora de eventos, mudou. Além de faturar R$ 150 mil e uma bolsa de estudos na mais famosa escola de culinária do mundo, Le Cordon Bleu, em Paris, Izabel transformou a paixão pela cozinha em profissão. Deixou a produtora e estagiou com o estrelado chef Rolland Villard, no Le Pré Catelan, Rio. “Depois resolvi focar em eventos, onde dou aulas e faço o menu, e consultorias porque preciso juntar dinheiro. Vou em agosto para a França.” Entre os seus novos trabalhos está a criação de um cardápio para um motel de São Paulo. “Foi interessante e desafiador. Criei os pratos como uma história de amor. Da conquista aos finalmentes (risos)”, explica.
Da grana que recebeu, ela guardou uma parte. “A outra dei para o Bruno (Magalhães, 37, advogado com quem está há mais de quatro anos), meu namorido, que me ajudou durante o programa”, conta Izabel, que planeja abrir um espaço gastronômico. A chef se juntou à colega de reality Sabrina Kanai, 30, e lançou no Youtube o canal Batedeira. “Temos estilos de cozinha diferentes, mas nos entendemos e seguimos um caminho verdadeiro e simples.” Ela também vai criar um site, que deve estrear este mês. “A internet é uma vitrine”, diz.


ESPECIALIDADE: CARNE ASSADA
Izabel descobriu a cozinha aos 12 anos, por influência do pai, o cantor de ópera Eduardo Alvares, 69, e adora adaptar pratos clássicos. “Criei essa semana um catchup de beterraba.” Outra especialidade da chef é a carne assada: “Bruno come fria da geladeira, coloca no pão, no macarrão”. No entanto, ela garante que não conquistou o namorido pelo estômago. “Nos apaixonamos sem eu ter cozinhado, mas a cozinha foi essencial para ele sentir orgulho e admiração por mim – como tenho por ele”, vibra. 


LADO B DA FAMA
Com a vitória no MasterChef, Izabel precisou lidar também com uma situação até então inimaginável para ela: a ‘gordofobia’. “Nunca tinha passado por isso e percebi como algumas pessoas confundem gordura com desleixo ou mau-caratismo. Mas consegui separar as coisas e ver que não tinha nada de errado comigo”, afirma. No programa, Izabel aprendeu a ter disciplina e organização, além de perceber o quanto a sua ansiedade pode atrapalhar. 
Os momentos de tensão não deixaram saudade. “Não sou uma pessoa competitiva, me fez muito mal, na verdade.” 
Dos companheiros de bancada, mantém amizade com quase todos. “Tenho uma relação mais próxima com o Raul (Lemos), a Jiang (Pu) e a Sabrina”. Se pudesse dar uma dica para os competidores da nova temporada, a qual assiste atenta, Izabel é enfática: “Anote tudo o que você não sabe fazer e estude.” Dica campeã!