Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Moda

Gisele Bündchen revela ter pensado em suicídio: “O mundo inteiro tinha virado uma jaula”

Modelo relembrou desafios da carreira e síndrome do pânico

Redação Contigo! Publicado em 12/11/2018, às 15h06 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Gisele Bündchen - Reprodução/Instagram
Gisele Bündchen - Reprodução/Instagram

Gisele Bündchen concedeu sua primeira entrevista para a televisão. Pedro Bial viajou para os Estados Unidos para entrevistar a übermodel e ela abriu o jogo sobre os desafios da moda e as consequências da profissão. Recentemente, ela lançou um livro chamado Aprendizados e o título tem um significado especial. 

“Eu amo aprender. Eu acho que é pra isso que a gente tá aqui”

O momento mais desafiador para Gisele foi quando“o mundo inteiro tinha virado uma jaula” e ela desenvolveu Síndrome do Pânico, que começou com medo de elevador, túnel, não conseguir ficar no avião, lugares que a janela não abria, até que em seu próprio apartamento ela não conseguia respirar. 

“Eu fui pra fora pra querer respirar e eu morava no nono andar. Eu tinha um deck que basicamente era na frente do rio, então não tinha um lugar que tinha mais ar, e nem lá eu conseguia. Eu tentava respirar e não vinha o ar, então naquele momento de desespero, eu pensei: ‘Nossa, e se eu pular? Vai tudo acabar. Eu não preciso mais viver isso na minha vida. Eu posso estar livre disso’”, disse ela, completando que esse foi o momento que ela se deu conta que precisava fazer algo quanto a isso. 

A cura de Gisele para a síndrome foi a prática de yoga, meditação e respiração. “Todos os dias às cinco e meia, eu acordava e fazia 30 minutos de respiração e meditação. Então, você vê. Aquilo que poderia ter acabado com a minha vida, me deu uma nova vida”

Casada com o americano Tom Brady e morando fora do Brasil, a mamãe Gisele cobra para que os filhos aprendam sua língua materna. 

“Agora quando eles começam a falar inglês na escola, eles começam a falar inglês entre eles. Então, eu falo: ‘Não, não. Quando eu pergunto pra você, você tem que responder em português. Você não responde em inglês’. Eu sou aquela chata”. Já o marido fala o suficiente de português. “Eu te amo ele fala bastante. Todos os dias ele fala. Ele pratica muito bem essa palavra”, brincou ela. 

Com a fama vieram às críticas, para conseguir lidar bem com isso, a modelo construiu uma persona. “Não tenho como controlar o que os outros vão falar, mas eu tenho que ver como eu vou reagir a essas palavras que não são muito gentis, então eu tenho que fazer alguma coisa sobre isso”

Apaixonada pela natureza, a brasileira mais famosa do mundo falou sobre sua relação com o meio ambiente.

“Eu sinto uma reverência pela natureza. Deus fez a natureza pra gente se lembrar quem somos. Lembrar da mágica que é”