Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!

Claudia Abreu defende importância de sua formação em filosofia: ''Riqueza infinita''

Com o diploma na mão, atriz global soltou o verbo contra declaração de Bolsonaro

Redação Contigo! Publicado em 26/04/2019, às 16h05 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Claudia Abreu - TV Globo
Claudia Abreu - TV Globo

A atriz Claudia Abreu desabafou nas redes contra uma declaração do presidente Jair Bolsonaro.  Ela relembrou o dia em que se formou em filosofia e defendeu a importância dos cursos de ciências humanas.

"Um dos dias mais felizes da minha vida foi quando me formei em Filosofia. Comecei a trabalhar ainda adolescente, só fiz faculdade mais tarde, quando fiquei grávida aos 30. Cursei a faculdade tendo filhos, trabalhando sem parar e nem sei como consegui terminar. Um esforço que valeu muito a pena", afirmou.

Segundo ela, o ganho pessoal após o curso foi imenso. "A única coisa que eu sei é que tudo o que eu li, refleti e assimilei foi de uma riqueza infinita para mim. Como podem querer cortar os estudos de Filosofia e Sociologia como se fossem desnecessários? Será que o objetivo é formar jovens produtivos mas sem capacidade de reflexão? Que retrocesso", disse ela.

A declaração da atriz é uma resposta às declarações do Presidente da República. Em uma série de publicações nas redes sociais, ele anunciou que o Ministério da Educação estuda mudar a distribuição de recursos.

"O Ministro da Educação estuda descentralizar investimento em faculdades de filosofia e sociologia (humanas). Alunos já matriculados não serão afetados. O objetivo é focar em áreas que gerem retorno imediato ao contribuinte, como: veterinária, engenharia e medicina. A função do governo é respeitar o dinheiro do contribuinte, ensinando para os jovens a leitura, escrita e a fazer conta e depois um ofício que gere renda para a pessoa e bem-estar para a família, que melhore a sociedade em sua volta", escreveu.

Veja!