Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / TV

Mauro Naves abre o jogo sobre demissão da Globo: 'Foi vexatório'

Ex-repórter da Globo relembra saída da emissora e mensagem no Jornal Nacional: 'Foi um baque'

Redação Contigo! Publicado em 05/02/2020, às 14h55 - Atualizado às 14h55

Mauro Naves abre o jogo sobre demissão da Globo - Globo
Mauro Naves abre o jogo sobre demissão da Globo - Globo

O jornalista Mauro Naves decidiu falar abertamente sobre a sua demissão da Globo após a polêmica do caso Neymar Jr. Em entrevista no podcast de Ivan Moré, o comunicador relembrou a nota da emissora lida por William Bonner no Jornal Nacional anunciando o seu afastamento da TV para investigações.

Ele contou que foi demitido cerca de um mês após a declaração do JN. “Foi trsite e vexatório ser anunciado no Jornal Nacional. Não anunciou ali que eu estava demitido, mas a forma que falou ali eu entendi que não iria ter volta”, disse.

Mauro também relembrou como se sentiu na época. “Quando eu vi aquilo no Jornal Nacional é óbvio que você baqueia. Eu já achava que era um caminho sem volta. Você já começa a amadurecer a ideia [de demissão], continuei com a consciência limpa, não fiz nada que agredisse moralmente ou eticamente a TV, mas houve entendimento deles de que eu tinha que ter avisado”, afirmou.

Mauro foi afastado após a emissora descobrir que ele passou o telefone do pai de Neymar Jr para um advogado de Najila Trindade, que fez acusações contra o jogador.

O jornalista ainda falou sobre quando foi demitido. “Foi um baque. Na hora, você fica sem o pé no chão, perde um pouco a noção do que vai fazer porque você está acostumado a seguir aquela rotina. Mas eu não sei também com o processo que a Globo está passando se eu iria demorar até quando”.

Ele ficou 31 anos na Globo.