Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Adaptações

'Criança Esperança' começa com Fátima Bernardes e Luciano Huck, sem plateia e avisa: "Diferente"

Sem participações no palco, sem plateia e sem doações do público; entenda o 'Criança Esperança' de 2020

Redação CONTIGO! Publicado em 28/09/2020, às 23h20 - Atualizado em 29/09/2020, às 07h00

'Criança Esperança' começa com Fátima Bernardes e Luciano Huck e sem plateia - Reprodução/TV Globo
'Criança Esperança' começa com Fátima Bernardes e Luciano Huck e sem plateia - Reprodução/TV Globo

O Criança Esperança de 2020 traz um formato adequado às limitações da pandemia do coronavírus.

Com a abertura apresentada por Fátima Bernardes e Luciano Huck, em cantos opostos do palco, o programa já iniciou avisando: "é um Criança Esperança diferente". Sem plateia, sem participações de artistas no palco e sem doações em dinheiro por parte do público, o especial tem uma nova cara.

Enquanto as doações monetárias ficam por conta de empresas parceiras, o público foi convidado a participar do programa enviando vídeos.

Em vez também do mesão de artistas que conversa com o público que doa, o grupo chamado pela Globo conversará com aqueles que mandarem os vídeos. No início, a emissora apresentou alguns: Babu Santana, Marina Ruy Barbosa e Larissa Manoela entre eles.

ACIDENTE

Eita! Na madrugada desta segunda-feira (28), Thelminha Assis apareceu nos stories com um curativo na testa devido a um ferimento durante as gravações do Criança Esperança.

Vencedora do BBB20Thelminha pisou em falso e foi de cara no chão, tendo de realizar pontos no local ferido. "Acabei de chegar do hospital. Vou explicar: fiquei tão emocionada ao participar do 'Criança Esperança'. E vocês sabem, eu entro de cabeça nos projetos todos. Pois bem, entrei de cabeça no chão. Tive um pequeno acidente, nada de mais. Acabei pisando em falso, caí do palco, meti a cara no chão e cortei a testa", explicou Thelminha, que também é médica.