Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / Luto!

Marilu Bueno carregou o bom-humor de seus personagens nos mais de 60 anos de carreira

"Trago comigo o bom-humor", disse Marilu Bueno em uma antiga entrevista para o programa 'Encontro', em 2013; relembre

Redação Contigo! Publicado em 22/06/2022, às 19h45

"Levei o bom-humor", disse ela em uma antiga entrevista para o programa 'Encontro', em 2013; relembre uma das últimas entrevistas da atriz - Reprodução/TV Globo
"Levei o bom-humor", disse ela em uma antiga entrevista para o programa 'Encontro', em 2013; relembre uma das últimas entrevistas da atriz - Reprodução/TV Globo

Aos 82 anos, a atriz Marilu Bueno morreu nesta quarta-feira (22), e deixou um grande legado para a teledramaturgia. Com mais de 60 anos de profissão, ela teve papéis icônicos em novelas como Guerra Sexo e no infantil Caça Talentos.

Carismática e de bem com a vida, a artista sempre aparecia sorrindo em entrevista e fazia questão de mostrar seu bom-humor. Em 2013, Bueno deu uma entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes, na Globo, e falou sobre seus personagens.

Na época em que deu a entrevista, a atriz estava no ar com o remake de Guerra dos Sexos interpretando Olívia, a empregada de seus sobrinhos, interpretados por Tony Ramos e Irene Ravache. Em sua declaração, ela ainda relembrou seu protagonismo na peça'Trair e Coçar É Só Começar':

"Trago comigo o bom-humor das minhas personagens, Olívia. De Olímpia também, protagonista do espetáculo de Marcos Caruso", disse a artista, sorrindo, ao ser questionada sobre o que trazia para sua vida dos seus personagens. Veja o trecho da entrevista clicando aqui!

O último trabalho de Marilu foi em 2020, na novela 'Salve-se Quem Puder', quando fez Dulce, na Globo.

CARREIRA DE MARILU BUENO

Dona de personagens que marcaram a televisão brasileira, Marilu Bueno deixa uma trajetória brilhante, hilária e cheia de interpretações geniais. A dama da dramaturgia começou na televisão nos anos 1960, quando estreou diante das câmeras no filme O Cupim, de Carlos Magna. Desde então, a também produtora traçou uma carreira marcada por novelas e seriados humorísticos. 

Na Rede Globo, Marilu Bueno esteve presente em tramas como Estúpido Cupido, O Noviço, A Gata Comeu, Da Cor do Pecado, Êta Mundo Bom e a inesquecível Guerra dos Sexos, na qual a atriz participou como Olívia tanto na versão original em 1983, quanto no remake em 2012. 

Ainda na emissora carioca, Marilu Bueno foi uma das personagens mais marcantes de Caça Talentos, a novela infantil estrelada por Angélica e que marcou a geração de 1990 e começo dos anos 2000. Na trama, a estrela interpretou a eterna Fada Madrinha que aconselhava a doce Fada Bela, vivida pela esposa de Luciano Huck