Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Tá bombando! / QUE SITUAÇÃO!

Após mãe mentir que a filha havia morrido no parto, pai disputa guarda na Justiça

Pai falsamente informado pela mãe da filha de que a bebê havia morrido no parto descobre que ela foi colocada para adoção; veja

Adriana Peraita Publicado em 18/12/2023, às 13h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Após mãe mentir que a filha havia morrido no parto, pai disputa guarda na Justiça - Reprodução/NY Post
Após mãe mentir que a filha havia morrido no parto, pai disputa guarda na Justiça - Reprodução/NY Post

O estadunidense Brandon Marteliz está envolvido em uma disputa judicial pela guarda da filha, Amiya, desde praticamente o nascimento da pequena, há dois anos. É que a mãe, cuja identidade não é conhecida, mentiu que a bebê havia falecido no parto e a colocou para adoção. O homem e a mulher não eram um casal.

Um dia antes que a mãe entrasse em trabalho de parto, Brandon enviou uma mensagem à moça perguntando se ela já havia ido ao hospital. O rapaz ficou sem resposta, até que, dois dias depois, recebeu um comunicado da mulher dizendo que a filha não havia resistido ao parto e falecido. 

No entanto, tudo não passava de uma mentira e Amiya, que completará dois anos em janeiro, foi colocada para a adoção no dia seguinte ao nascimento. Três semanas depois, a genitora contactou Brandon e contou que, na verdade, a filha estava viva.

O pai, então, implorou para ver a filha, mas ficou sem resposta. Pouco depois, ele foi informado pelo Serviço de Proteção à Criança de que havia uma recém-nascida sendo colocada para adoção. Brandon não conseguiu impedir o prosseguimento do processo, pois ele havia sido autorizado pela mãe e o nome de Brandon não constava nos registros de paternidade da bebê. Além disso, o órgão responsável argumentou que ele não havia desembolsado dinheiro o suficiente para a criança.

O pai contesta essa versão. “Eu tinha livros para ela, alguns brinquedos, toneladas de roupas. Estou me preparando para doá-los porque sei que não vão caber mais nela”, afirmou à ABC. Enquanto Brandon entra no terceiro ano de disputa judicial, pais adotivos obtiveram a guarda de Amiya.

Brandon Marteliz

Amiya

MENINO DESAPARECIDO HÁ 6 ANOS É ENCONTRADO EM OUTRO PAÍS

O adolescente inglês Alex Batty, de 17 anos, foi encontrado após 6 anos desaparecido. Ele sumiu quando tinha 11 anos, durante uma viagem com a mãe e o avô pela Espanha, e foi achado nesta quarta-feira (13) por um motorista de aplicativo em uma rodovia na França. A mãe e o avô do jovem estão sendo procurados pelas autoridades por suspeita de envolvimento no desaparecimento. 

O motorista Fabien Accidini avistou um menino caminhando na chuva em uma estrada nas proximidades de Toulouse, no sul da França, e decidiu ajudar. Em entrevista ao canal 'Sky News', ele disse que Alex o contou que havia sido sequestrado pela mãe e pelo avô, seis anos atrás, e que estava vivendo em uma comunidade espiritual. Ele afirmou que estava andando há 4 dias quando foi encontrado. 

Depois do relato, o motorista acionou a polícia, que confirmou a identidade do jovem. O inglês pediu o celular de Fabien para mandar uma mensagem a sua avó. "Olá, vovó, sou eu, Alex. Estou na França, Toulouse. Eu realmente espero que você receba esta mensagem. Eu te amo, quero voltar para casa", escreveu.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!