Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Novelas / Morte

Império: Reginaldo tenta abusar de Cora, mata Jurema e é assassinado: "Não vale nada"

A tia de Cristina será vítima de uma tentativa de estrupo e dará um fim trágico para o malandro; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 30/09/2021, às 15h54

A tia de Cristina será vítima de uma tentativa de estrupo e dará um fim trágico para o malandro; veja - Reprodução/ TV Globo
A tia de Cristina será vítima de uma tentativa de estrupo e dará um fim trágico para o malandro; veja - Reprodução/ TV Globo

Em Império, a casa de Cora ( Marjorie Estiano) será palco de uma tragédia: ela será vítima de uma tentativa de estrupo e dará um fim trágico para ao abusador.

Reginaldo (Flávio Galvão) morrerá após quase abusar de Cora (Marjorie Estiano). Abalada com a cena que flagrará, Jurema (Elizangela) discutirá com o marido e cairá da escada. Em seguida, ele será encurralado por Cora, que o matará com um revólver.

A tragédia começará quando o crápula invadir o quarto da tia de Cristina (Leandra Leal), que ficará apavorada. Ele tentará estuprá-la, mas Jurema ouvirá os gritos e o impedirá. "Tu não vale nada, traste! Foi pra isso que tu voltou? Pra me dar mais esse desgosto? Dessa vez não vou passar a mão na sua cabeça. Vou pra casa, juntar a sua roupa e jogar no meio da rua!", dirá a dona de casa.

Descontrolada, ela correrá para fora do local. O marido irá atrás dela e tentará se explicar. Porém, quando os dois estiverem à beira da escada, ele puxará o braço da mulher, que perderá o equilíbrio e rolará os degraus, o que provocará sua morte.

"Você empurrou a coitada! Matou sim! Se não foi de empurrão, foi de desgosto. Você é um pecador! Você atentou contra a castidade!", afirmará Cora, já com uma arma nas mãos. "Quem é você para me julgar?", responderá ele.

"Eu? Eu não sou ninguém para julgar você, mesmo. Só Deus pode te julgar... E Ele vai fazer isso agora'', arrematará Cora, antes de atirar contra ele.

VILÃO EM REDENÇÃO

Enrico (Joaquim Lopes) pedirá perdão a Leonardo (Klebber Toledo) por seu comportamento homofóbico. Sensibilizado com a quase morte de Cláudio (José Mayer), o cozinheiro irá até o ex-namorado do pai se desculpar por todas as ofensas e ataques de ódio praticados.

Nos próximos capítulos da trama, o marido de Beatriz (Suzy Rêgo) ficará entre a vida e a morte após salvar o filho de um atentado de Felipe (Laércio Fonseca). Enrico doará sangue para o cerimonialista e fará as pazes com ele.