Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Música / Desabafo?

Nova música de Harry Styles pode ser desabafo sobre dependência química

Ex-1D causou com lançamento e ainda deu indireta sobre Zayn no SNL

Redação Contigo! Publicado em 18/11/2019, às 14h51 - Atualizado às 14h51

Nova música de Harry Styles pode ser desabafo sobre dependência química - Reprodução/Instagram
Nova música de Harry Styles pode ser desabafo sobre dependência química - Reprodução/Instagram

O novo álbum de Harry Styles chega só em dezembro, mas a divulgação não para! Depois de causar com Lights Up, o muso lançou neste domingo (17) Watermelon Sugar.

A canção já está dando o que falar, e para completar a polêmica, Harry aproveitou sua participação no Saturday Night Live para soltar uma indireta sobre o membro mais polêmico do One Direction, seu amigo (ou não) Zayn.

A música nova do ex-1D tem sido interpretada por vários fãs como um desabafo sobre dependência química, já que "watermelon sugar" é uma gíria para heroína, e como o termo vem sempre acompanhado da palavra "high" (em inglês, chapado), as suspeitas não são exatamente sem fundamento.

Outro trecho que está preocupando os fãs é "I don’t know if I could ever go without" (eu não sei se eu poderia sair sem você). É claro que a música pode ser uma metáfora, como o amor, mas todos os Stylers estão preocupados com o cantor.

A polêmica não para por aí: em sua visita ao último Saturday Night Live (16), Harry participou de uma brincadeira, e na hora de falar sobre seus colegas do One Direction, o cantor comentou: “Eu amo esses caras! Eles são meus irmãos. Niall, Liam, Louis e… hmmm, Ringo”, fazendo uma referência ao primeiro integrante a sair dos Beatles, assim como Zayn.

A previsão é de que o novo álbum de Harry chegue no dia 13 de dezembro, e a Love On Tour terá suas datas divulgadas em breve. Por enquanto, o Brasil ainda não está na lista da tour, mas ainda temos altas expectativas de ver o muso cantando por aqui, já que de acordo com Harry, a passagem pela América Latina está garantida.