Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Jorge Brasil / Exclusivo!

'O Tempo Não Para', urgente! Emílio e Marocas ficam noivos

O vilão chantageia a mocinha, ameaçando revelar ao mundo que Dom Sabino cometeu crimes hediondos durante a Guerra do Paraguai

Jorge Luiz Brasil Publicado em 18/10/2018, às 18h51 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

O vilão consegue manter a mocinha em suas mãos - Divulgação Globo: Paulo Belote e Raquel Cunha
O vilão consegue manter a mocinha em suas mãos - Divulgação Globo: Paulo Belote e Raquel Cunha

Emilio (João Badasserini) vai dar um passo decisivo para conquistar o título de principal vilão de O Tempo Não Para. E Marocas (Juliana Paiva) será sua principal vítima, já que, à custa de uma chantagem, ele consegue ficar noivo da mocinha. Primeiro, o safado banca o bom moço. Após entregar a Dom Sabino (Edson Celulari) a apólice de seguros verdadeira do Albatroz, que roubou de Amadeu (Luís Fernando Guimarães), ele ajuda o ex-congelado a receber uma pequena fortuna da seguradora, que tira a família dele da miséria. Marocas fica encantada com a atitude do advogado, que já havia pago também a conta de Eliseu (Milton Gonçalves) no hospital. Tolinha! Mal sabe ela o que vem por aí!

Com os Sabino Machado morando numa mansão, Marocas fica chocada quando Dom Sabino avisa a filha que Emílio pediu a mão dela em casamento. É claro que Marocas não aceita, mas Emílio estava preparado para isso. O vilão chantageia a menina para que ela se case com ele, caso contrário tornará público os documentos que comprovam que Dom Sabino cometeu crimes hediondos durante a Guerra do Paraguai. Ela fica chocada. “Isso é uma calúnia! Meu pai nunca faria algo tão terrível! Nunca, jamais!”, garante ela, antes de ver os papéis que comprovam que Dom Sabino cometeu crimes durante a guerra. “Sente se, Marocas. Ou saio daqui e levo essa denúncia aos tribunais”, ameaça o vilão.

Sem saída, ela se vê nas mãos do bandido.  “Eu não acredito. Me recuso a acreditar…Onde estavam esse tempo todo?”, pergunta. “Na Arca do Sigilo do Instituto Histórico. Eles provam que Dom Sabino cometeu crimes hediondos durante a Guerra do Paraguai”, confirma ele. “Mas eu posso deixar tudo isso de lado, esquecer esses papéis dentro de um cofre e nunca mais olhar pra eles. Basta você me aceitar como seu marido”, propõe. Furiosa, Marocas rasga os documentos. “O senhor é muito baixo”, acusa.

Mas é em vão. “Querida, são somente cópias. Pense com carinho na minha proposta”, insiste Emílio, que segurará a mão dela, mas leva um tapa no meio da cara. Marocas vai embora aos prantos e desabafa com Miss Celine (Maria Eduarda de Carvalho) sobre a chantagem e pede segredo para a amiga. Algum tempo depois, o canalha aparece no novo lar de sua futura noiva e, num tom ameaçador, avisa que precisa falar seriamente com Dom Sabino, mas, para proteger o pai, Marocas o chama num canto e aceita se casar com ele. “O que você tinha de tão importante pra me falar, Marocas? Eu sou todo ouvidos”, debocha Emílio. “Eu aceito o seu pedido… Dr. Emílio… eu aceito me casar com o senhor…”, comunica a bela.

O bandido banca o surpreso só para irritar a moça. “Você aceita… Se casar comigo? Você tomou a decisão certa”, comemora o advogado do diabo. “Mas o senhor jamais irá me tocar”, avisa Marocas. No capítulo da terça 23, Emilio comunica a decisão de Marocas para a família dela, que brinda feliz o noivado da mocinha, sem imaginar o quanto ela está sofrendo. Pronto para tornar público que os dois irão se casar, no sábado 27, Emilio exige que Marocas conceda, ao lado dele, uma entrevista exclusiva a Pedro Parede (Wagner Santisteban) sobre o casamento.

Quando fica sabendo da novidade, Samuca (Nicholas Prattes) não se conforma, implora para Marocas não fazer isso e, diante da insistência dela, jura que vai investigar o que está acontecendo para ela tomar uma decisão tão absurda. "O Emílio é um personagem que dissemina o mal, a vingança,  o ódio,  o preconceito e o racismo, e faz todo tipo de chantagem para chegar ao poder. É um grande desafio para minha carreira. Emílio busca o certo por linhas tortas, mas espero apenas que vença o amor", comemora João Baldasserini