Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DETONOU

Regina Duarte dá basta e critica obrigatoriedade de vacina em crianças

Atriz Regina Duarte dá basta nas redes sociais e detona obrigatoriedade criada pelo Ministério da Saúde de vacinação em crianças contra a Covid-19

Gabriel Motta

por Gabriel Motta

jpae_colab@caras.com.br

Publicado em 04/01/2024, às 16h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Regina Duarte criticou uma norma do Ministério da Saúde - Reprodução/Instagram
Regina Duarte criticou uma norma do Ministério da Saúde - Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira (4), Regina Duarte voltou a dar o que falar nas redes sociais ao expressar sua opinião sobre a obrigatoriedade da vacinação em crianças contra a Covid-19. É que ela se mostrou contra ao que acaba de ser estipulado pelo Ministério da Saúde, que coloca meninos e meninas de 6 meses a 5 anos no Programa Nacional de Imunizações (PNI).

“Lamento muito sentir [logo no início deste ano] que devo postar essa advertência: nossas crianças não têm segurança [por parte dos laboratórios farmacêuticos] para serem submetidas a essa vacina da Covid”, detonou a atriz.

Ela ainda deixou um recado aos seguidores sobre o tema: “Você que é mãe, pai, avô, avó, tia… a advertência é que procurem se informar sobre a bula da vacina que está sendo proposta às crianças brasileiras. Pronto, falei”.

Já em uma publicação feita em seu Instagram, ela compartilhou uma manchete que fala sobre como o Brasil estaria indo na contramão do mundo ao tornar a vacina obrigatória em crianças. “Pelo amor de Deus, ainda está história de Covid?! E ainda com vacina obrigatória? Não é temerário. Na verdade, estupidamente temerário agir assim?”, questionou Regina Duarte.

REGINA DUARTE SOBRE TRAJETÓRIA NA POLÍTICA

A atriz Regina Duarte, de 76 anos, abriu o coração sobre sua experiência na polícia e confessou que não estava preparada para comandar a Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro, cargo que ela ocupou por 74 dias em 2020. 

A declaração foi feita em entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle, no YouTube. “Não estava preparada para isso. Esse foi meu grande problema. Meu interesse em fazer alguma coisa pela cultura do país fez com que eu assumisse uma coisa pela qual eu não estava preparada. Fiquei muito triste pelo sonho que eu alimentei de fazer alguma coisa importante para a categoria", iniciou ela.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!