Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Raul Gazolla desabafa após quatro infartos: "Não vou morrer no anonimato"

Aos 66 anos, Raul Gazolla viveu sequência de problemas graves; ele relembrou drama no hospital

Redação Contigo! Publicado em 02/12/2021, às 15h39

Raul Gazolla desabafa após quatro infartos: "Não vou morrer no anonimato" - Reprodução/Instagram
Raul Gazolla desabafa após quatro infartos: "Não vou morrer no anonimato" - Reprodução/Instagram

O ator Raul Gazolla surpreendeu os fãs ao falar abertamente sobre o drama que viveu nos últimos doze anos. É que neste período de tempo ele foi acometido por 4 infartos.

O primeiro desdes aconteceu quando o galã tinha apenas 54 anos. Vieram outros três ao longo de seus 66 anos de vida.  

“Não havia comido o dia inteiro, achei que fosse falta de glicose no corpo”, disse ele. O galã conta que foi detectado um problema cardíaco que facilitava a ocorrência desses problemas gravíssimos. 

Segundo ele, o mais traumático foi em 2012. "A Hebe [Camargo] tinha acabado de morrer. Eu estava no hospital, segurei a mão do médico e falei: 'Irmão, eu não posso morrer agora, se não vou morrer no anonimato (...) Eu quero morrer com destaque”, diz ele.

A entrevista completa será exibida no 'Sensacional' desta quinta-feira (2), às 22h30, na RedeTV!.

DESABAFO

Quase três décadas após viver a dor da perda de Daniella Perez, o ator Raul Gazolla abriu o coração e contou como superou a trágica morte de sua esposa. Em entrevista para a série de entrevistas Pessoas Incríveis e Extraordinárias, comandada pelo ator Nelson Freitas, ele afirmou que aquele momento o marcou para sempre.

"Foi um momento de guinada na minha vida e de muita superação. Você não passa por esse momento sozinho. Antes de colocar os pés no chão, tinha dois caminhos a seguir, um louco, psicopata, querendo vingança a qualquer custo ou ir para uma espécie de religiosidade. Voltar ao normal não dava. Minha mãe e meus amigos foram essenciais para poder voltar ao mundo real", disparou ele.