Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Presa

Mulher que ofendeu filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso é presa; saiba mais

Após ataque racista contra filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, mulher foi presa; confira na íntegra o comunicado

Redação Contigo! Publicado em 30/07/2022, às 20h54 - Atualizado às 21h10

Após ataque racista contra filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, mulher foi presa; confira na íntegra o comunicado - Reprodução/Instagram
Após ataque racista contra filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, mulher foi presa; confira na íntegra o comunicado - Reprodução/Instagram

Uma mulher foi presa após o ataque racista contra filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso.

A mulher, ainda não identificada, saiu do local escoltada e algemada pela polícia de Portugal neste sábado (30).

Nas redes sociais, a assessoria do casal comunicou que além de Títi e Bless, a mulher fez comentários racistas com uma família angolana que também estava no restaurante. "A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outros absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”, diz a assessoria.

A nota ainda revela que, enquanto Ewbank enfrentava a mulher, Gagliasso ligou para a policia local para realizar a denúncia. Após ser levada para delegacia algemada, o casal famoso prestou queixa contra a racista formalmente.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA:

"Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.

Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local - cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outros absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.

Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Títi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime."

ENTENDA O CASO

A atriz Giovanna Ewbank ficou fora de si ao presenciar os filhos serem vítimas de racismo neste sábado (30).

De acordo com a coluna do Leo Dias, no MetrópolesEwbank e Bruno Gagliasso estavam em um restaurante na beira da praia em Portugal com os filhos, TitiBless Zyan, quando uma mulher se incomodou com a presença das crianças.

A situação ficou feia quando a loira partiu para cima da mulher para defender os filhos. No vídeo, é possível ouvir Ewbank chamando a mulher de “racista nojenta”.