Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Namorada de Rafael Miguel comemora a prisão do pai: "A justiça de Deus não falha"

Namorada de Rafael Miguel publica desabafo nas redes sociais e reage à prisão do pai após 3 anos foragido

Redação Publicado em 17/05/2022, às 09h09

Namorada de Rafael Miguel comemora a prisão do pai: "A justiça de Deus não falha" - Reprodução/TV Globo
Namorada de Rafael Miguel comemora a prisão do pai: "A justiça de Deus não falha" - Reprodução/TV Globo

A jovem Isabela Tibcherani, que era namorada do ator Rafael Miguel, voltou a se pronunciar nas redes sociais na madrugada desta terça-feira (17) após a prisão de seu pai, Paulo Cupertino.

Ela publicou uma nova mensagem em que diz que a "justiça" foi feita após a prisão.

“A justiça de Deus não falha. Mais uma fase para superar, dessa vez, com a cabeça erguida e sem me abater. Cheguei até aqui com garra e vou permanecer assim”, declarou ela.

A menina, que tinha apenas 18 anos no dia do crime, seguiu desabafando.

“Tudo o que sou é graças a minha fé, minha perseverança, minha força, e tudo isso vem de Deus. Obrigada por todas as mensagens de carinho e daqui pra frente é só resolução e justiça”.

Paulo Cupertino foi encaminhado para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo após ser detido pelos policiais da 6ª. Seccional. De acordo com o delegado responsável, a polícia recebeu uma denúncia de que Paulo Cupertino estaria na cidade, se encaminharam ao local e conseguiram o encontrar

Desabafo da namorada de Rafael Miguel

RELEMBRE O CASO

O Ministério Público (MP) afirma que Paulo Cupertino assassinou o ator e seus familiares pois não aceitava o namoro do jovem com sua filha, Isabela Tibcherani, que tinha 18 anos na época. Vídeos resgatados mostram que o empresário atirou 13 vezes em Rafael Miguel, que tinha 22 anos. 

Paulo Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e com recurso que não permitiu a defesa das vítimas. Além do empresário, outros dois amigos dele são réus por terem colaborado com sua fuga.