Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SOLTOU O VERBO

Mayra Cardi nega que tenha expulsado Arthur Aguiar de sua mansão: "Me sentia uma inválida"

Ela explicou porque os dois seguiram dividindo a mesma casa e nega atitude drástica com o ator

Redação Contigo! Publicado em 23/06/2020, às 11h07 - Atualizado em 06/07/2020, às 19h37

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Mayra Cardi nega que tenha expulsado Arthur Aguiar de sua mansão - Reprodução
Mayra Cardi nega que tenha expulsado Arthur Aguiar de sua mansão - Reprodução

A influenciadora Mayra Cardi esclareceu em entrevista porque Arthur Aguiar seguiu morando em sua casa após a separação.

Em entrevista ao colunista Leo Dias, ela conta que precisou ser operada e, por isso, ele resolveu ajudá-la no período após a cirurgia.

“Já tinha me separado há algumas semanas, mas como eu tinha que fazer uma cirurgia séria de troca de prótese de silicone e reconstrução da cesárea, decidimos que Arthur continuaria em casa para ajudar no meu pós-operatório. Mas nos primeiros dias após a cirurgia estava muito debilitada e não me senti mais confortável de dormir com ele", explicou.

A musa também contou que após o desconforto decidiu tomar uma atitude.

Ela negou que tenha expulsado o galã de casa.

Convidei Artur para ir para o quarto de hóspede, mas jamais o expulsaria da minha casa. Estava inchada, cheia de dor, precisava de ajuda para fazer xixi, tomar banho e etc. Não queria que ele me visse desta forma. Me sentia uma inválida. Era constrangedor ser cuidada pelo ex assim”, disse.

DESEJO

No final de semana, ela confessou que o amor pelo ex-marido, o ator Arthur Aguiar, não acabou. Os dois seguem dividindo o mesmo teto. Segundo ela, a decisão de terminar foi para preservar justamente o carinho que ainda existe entre os dois.

"Quando termina um relacionamento, não significa que tenha que acabar o amor, não deveria. Esse amor deveria ter sido ressignificado. É legal a gente sair ainda quando existe amor, enquanto o carinho e o respeito não foram embora. Para, quem sabe, esse amor seja transformado em um outro tipo de amor, como amizade, companheirismo. E, aí sim, você possa ir embora da mesma maneira que você entrou [no relacionamento] e não drasticamente, machucado, ferido", disse ela.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!