Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SINCERA

Lu Andrade relembra dificuldades na época do Rouge: ''Éramos desvalorizadas''

Cantora conta motivos que a fizeram sair do grupo nos anos 2000 e diz que se sentia marionete

Redação Contigo! Publicado em 03/02/2021, às 19h27 - Atualizado às 19h29

Lu Andrade relembra dificuldades na época do Rouge - Instagram
Lu Andrade relembra dificuldades na época do Rouge - Instagram

Em uma entrevista publicada nesta quarta-feira (03) no canal do Youtube de Gabriel Mahalem, Lu Andrade abriu o coração e falou sobre o tempo em que ficou no grupo Rouge.

A cantora, que chegou a sair da equipe antes do primeiro fim oficial do grupo, falou sobre o tratamento que elas recebiam no início da carreira, em 2002. Vale lembrar que o grupo teve um retorno em 2017 e Lu fez parte do reencontro.

“Eu saí porque nós éramos muito desvalorizadas como pessoas e artistas pelos nossos empresários. Eu sabia onde estava me metendo pelo contrato que eu assinei, então não me fiz de coitada, mas ainda assim não achei que foi justo a porcentagem que pagavam pra gente mesmo na porcentagem que a gente acordou. Porque a gente gerou muita receita para os nossos empresários. E zero preocupação se a gente estava se sentindo bem, se estava doente ou não estava. 'Vai lá e trabalha porque você é uma marionete, meu escravo'”, contou.

Lu afirmou ainda que as outras integrantes - Fantine, Karin Hills, Aline Wirley e Li Martins (na época, Patricia) também se sentiam da mesma forma, mas optaram por continuar no grupo.

"O que me deixava triste é que perdi o controle pela minha vida. Porque trabalhar muito e ganhar muito menos que todo mundo eu já sabia, só que perder o controle aí a sanidade vai pro brejo. Nós não dormíamos, não tínhamos esse privilégio. A agenda do dia seguinte era deixada na minha casa meia-noite e era compromisso das 6h à 1h, então eu não tinha tempo para me programar, eu era literalmente um boneco que eles faziam o que queria. E eu não podia permitir isso. Vocês querem ganhar em cima de mim? Tudo bem. Mas é a minha vida", contou.

PERDEU O CONTATO:

A loira contou ainda que, após sua saída do grupo, ela ficou cerva de 13 anos sem falar com as outras integrantes. Ela disse que só conseguiu resolver todas as questões quando elas decidiram fazer o reencontro.

"Nós não nos falamos por muitos anos porque na minha cabeça elas não tinham entendido que eu tinha ficado completamente doente e elas não tinham ficado do meu lado e isso pra mim foi inconcebível. Só nós cinco sabíamos o que estávamos passando. E nessa lavagem de roupa suja para o reencontro foi que eu descobri que todo mundo estava doente e deprimida, lidando da sua forma", contou.