Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / POLEMIZOU

Eduardo Costa faz grave acusação contra músicas de Luan Santana: "Não é sertanejo"

Cantor Eduardo Costa faz grave acusação em entrevista e diz que músicas de Luan Santana não podem ser consideradas sertanejas

Redação Contigo! Publicado em 13/12/2022, às 16h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Eduardo Costa disse que Luan Santana não é um cantor de música sertaneja - Reprodução/RedeTV!/Instagram
Eduardo Costa disse que Luan Santana não é um cantor de música sertaneja - Reprodução/RedeTV!/Instagram

Sem papas na língua, Eduardo Costa resolveu opinar sobre as músicas que são lançadas por Luan Santana. É que o sertanejo não acredita que o artista seja deu colega de gênero musical, já que ele considera as canções do rapaz como música pop.

Em entrevista ao TV Fama, o intérprete de Me Apaixonei confirmou sua sincera opinião sobre o assunto ao ser questionado por uma repórter. "Você deu uma entrevista onde você deu uma opinião sobre Luan Santana. Que Luan Santana não é sertanejo, é um pop. É verdade que você acha isso?", indagou.

“Cara, eu acho [que não é sertanejo]. Eu acho até que é sertanejo, sim, é mais quando tá num ambiente mais íntimo dele. Não o conheço pessoalmente. Mas se tratando das músicas que tocam na rádio, não são músicas que são tratadas como música sertaneja”, respondeu Eduardo Costa.

Apesar da opinião, o artista não nega a contribuição de Luan com o gênero: “Mas a gente tem que respeitar isso. Eu acho que o Luan Santana é um cara que fez uma história muito bonita para a música sertaneja, ajudando a trazer essa meninada mais jovem pra escutar a música sertaneja”, explicou.

Eduardo Costa ainda resolveu rasgar elogios ao rapaz, mostrando que não está em busca de atrito: “Ele é um cantor maravilhoso. E que caminha por todos os estilos de música e põe para arrebentar em todos e eu sou fã dele”.

ADAPTAÇÕES

A atriz Sthefany Brito revelou os problemas que o filho, o pequeno Enrico, de apenas dois anos, enfrentou ao começar a frequentar a escola. Em um longo desabafo, a artista contou que a criança chegou a passar mal e que ela preferiu tirar o menino do colégio.

“Ele fez a adaptação e foi. Mas deu uma regredida a ponto de chorar demais, passar mal. Voltei a ficar com ele na escola, como se fosse uma readaptação, mas não estava dando muito certo”, disse a estrela, Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!