Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TV

Cleo fala sobre sua nova fase como cantora e revela que nem sempre está feliz com o seu corpo

Em entrevista a Sabrina Sato, atriz revela que nem sempre se sente a vontade com o corpo

Redação Contigo! Publicado em 19/11/2019, às 13h11 - Atualizado às 13h12

Cleo Pires e Sabrina Sato se divertem e relembram romance em comum - Instagram
Cleo Pires e Sabrina Sato se divertem e relembram romance em comum - Instagram

Em uma entrevista concedida para Sabrina Sato, que foi ao ar na última segunda-feira (19) no quadro The Walk Show, no canal do Youtube da apresentadora, Cleo Piresfalou sobre seu corpo, sua nova fase como cantora e sobre sua vida amorosa.

A artista, que está se dedicando a carreira de cantora, falou recentemente sobre sua compulsão alimentar e decidiu falar sobre a positividade excessiva em relação ao corpo feminino.

“Nem sempre eu sou feliz com meu corpo, mas você merece existir, merece ser feliz. Se você não está com o corpo que queria estar, vai atrás. Não consegue? Dá outro jeito! Acho chato esse lance de 'você tem que gostar de como você nasceu'. Por que eu não posso querer construir outra coisa que eu quero ser? Não entendo esse pensamento fechado”, disse ela.

Sobre ter decidido se dedicar a música, a filha de Gloria Pires disse que foi um processo difícil e que ela sentia que iria morrer a qualquer momento: “Foi um abismo. Pensava que ia frustrar as expectativas de todo mundo”, disse ela, afirmando que a dificuldade sempre foi grande por ela ser filha de artistas e sofrer comparações a todo momento.

As duas se divertiram ainda ao lembrar que namoraram o mesmo homem, o ator João Vicente de Castro: “Algo nos temos em comum, somos sócias. Eu nem queria namorar com ele, porque era muita responsabilidade, e a gente fez tão bem para ele, ele ficou tão traumatizada que nunca mais namorou ninguém”, brincou Sato.

COMPULSÃO ALIMENTAR:

Em uma entrevista concedida ao jornalistaLeo Dias, Cleo falou sobre a fase que está vivendo e contou como lida com a compulsão alimentar:

Eu entendo há muito tempo o que é a compulsão e via que eu estava ali perto. Me identificava com aquilo. Mas nunca fui a fundo nisso e acho que neste ano eu realmente vi que tinha essa questão: compulsão com a comida. Você está feliz e quer comemorar. Tristeza, alegria, ansiedade, depressão”, iniciou.

“Não é que é uma desculpa, mas é para onde meu organismo vai. Descobri que tinha muitos gatilhos e que eu acabava indo para um lugar de descontrole total, em forma de autopunição. Não é saudável. Dava prazer, mas não era saudável. Amo comer, mas, quando você perde o controle e aquilo vira um foco, fica doentio e problemático”, revelou a morena.

Veja: