Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DECLARAÇÃO

Camila Monteiro recebe carta do Conselho Tutelar após não vacinar os filhos: "Apavorada"

Nas redes sociais, influenciadora contou o que aconteceu; Camila Monteiro deu à luz gêmeos no final do ano passado; veja

Redação Contigo! Publicado em 20/01/2022, às 11h16

Camila Monteiro é acionada pelo Conselho Tutelar após não vacinar os filhos: "Apavorada" - Reprodução/Instagram
Camila Monteiro é acionada pelo Conselho Tutelar após não vacinar os filhos: "Apavorada" - Reprodução/Instagram

A influenciadora Camila Monteiro esclareceu nas redes sociais porque foi notificada pelo Conselho Tutelar após não vacinar os filhos. Em um desabafo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (20), ela explicou o que aconteceu.

"Recebi uma carta do conselho tutelar e foi um choque para a gente. O máximo que eu podia pensar era que um vizinho tinha ouvido os bebês chorando e achado que a gente estava maltratando", disse ela assustada.

Quando se deu conta do motivo, ela explicou em detalhes porque os bebês não foram vacinados no momento comum. 

"Estava apavorada. Recebi a carta por causa da vacinação dos meus filhos. Eles iam tomar a BCG. O Noah não tinha o peso certo, a Aurora já tinha o peso correto, mas eu já tinha agendado com um laboratório [particular]", disse.

Na conversa com os fãs, ela ainda disse que não foi informada pelo hospital do que poderia acontecer caso decidisse postergar a vacinação. 

"Eu assinei um termo de responsabilidade falando que eu não vacinaria eles naquele momento. Ficou por isso mesmo, até o pessoal do laboratório achou que estava tudo bem. Depois de quase um mês, eu recebi a carta. Foi um susto, quando descobri que era pela falta de vacinação. O hospital não falou que eu seria direcionada para o conselho tutelar. Até para eles é algo muito novo, mas eles são obrigados por lei. Você não é obrigado a vacinar no hospital, tanto que tem o SUS, laboratório que vai na sua casa como eu fiz... Mas a partir do momento que você assina que não vai vacinar os filhos, é outra história".


Ao final, ela ainda aconselhou as fãs a vacinarem seus filhos. "Essa lei é nova. É muito mais que um pacto coletivo, afinal, vacinas salvam vidas. Seus filhos não podem optar, então a decisão é sua. Só que o conselho tutelar está de olho. Se meus filhos tivessem idade para serem vacinados contra Covid-19, com certeza eles seriam vacinados. Nunca tive um pingo de dúvida", incentivou ela.

ALTA DOS BEBÊS

A criadora de conteúdo Camila Monteirocomemorou em dezembro a alta médica dos filhos. Ela deu  a notícia após Aurora e Noah ficarem mais de um mês na UTI de um centro médico em São Paulo após nascerem prematuramente de 31 semanas.

"Nossos filhos estão de alta! O senhor nos honrou com a sua promessa. Vale a pena esperar nele! Por mais de um mês, aguardamos. Por mais de um mês, oramos sem cessar. Foram dias e noites de muito choro e cansaço. Muitas vezes achei que não aguentaria, mas Jesus em tudo me capacitou. Agora, iniciamos um novo capítulo!", escreveu ela.