Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / MATERNIDADE

Biah Rodrigues aconselha mães impacientes a lidarem com os filhos: "Respire fundo"

A esposa de Sorocaba também falou com as suas seguidoras sobre o medo do parto e deu dicas

Redação Contigo! Publicado em 18/08/2021, às 17h00

Biah Rodrigues aconselha mães impacientes a lidarem com o filho: "Respire fundo" - Reprodução/Instagram
Biah Rodrigues aconselha mães impacientes a lidarem com o filho: "Respire fundo" - Reprodução/Instagram

Grávida, Biah Rodrigues, esposa de Sorocaba e mãe do Théo, respondeu algumas perguntas dos seguidores sobre a maternidade na última terça-feira (17).

Algumas internautas pediram ajuda: "Conselho para uma mãe sem paciência com o filho?".

"Não vou te julgar, porque tenho certeza que alguém já passou por isso também... inclusive eu! Maternidade não é fácil e às vezes exige mais do que estamos acostumadas. Quando isso acontecer, peça ajuda para alguém vá para seu quarto por cinco minutos, respire fundo, chore se sentir vontade. Ore, peça calma, paciência e sabedoria para lidar com seu filho e os problemas dele! Funciona, vai por mim!", explicou ela.

"Tenho vontade de engravidar, tenho medo de parir, me dê uma ideia?", perguntou outra seguidora, também pedindo um conselho.

A esposa de Sorocaba, então, respondeu: "É normal ter medo, acredite eu tive o tempo inteiro! Mas então, eu fui entendendo durante o ato o quanto nosso corpo é sábio, Deus é perfeito! E nós mulheres a fomos feitas para parir, e tudo acontece sem você ter que fazer nada, o seu corpo trabalha praticamente sozinho... é incrível e transformador".

EITA!

Biah Rodrigues usou as redes sociais nesta terça-feira (17) para falar sobre o susto que levou após voltar de viagem e encontrar o filho, Theo, de um ano e três meses, doente.

A musa, que viajou por dois dias pela primeira vez sem o herdeiro, contou que se assustou ao chegar em casa e ver o menino cheio de manchas pelo corpo. Ela explicou que ele está com roséola, uma infecção viral comum em bebês.

Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram