Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SE PRONUNCIOU

Assessoria de Neymar emite nota após novas denúncias contra o craque: "Nunca foi acusado e processado"

Em nota oficial, craque alega que é inocente e diz porque não vai expôr os termos do fim do contrato com a Nike; veja

Redação Publicado em 28/05/2021, às 11h43

Assessoria de Neymar emite nota após novas denúncias contra o craque: "Nunca foi acusado e processado" - Reprodução/Instagram
Assessoria de Neymar emite nota após novas denúncias contra o craque: "Nunca foi acusado e processado" - Reprodução/Instagram

A assessoria do craque Neymar Jr se pronunciou nesta sexta-feira (28) sobre as acusações publicadas por um jornal dos Estados Unidos.

Segundo a reportagem do The Wall Street Journal, o craque teve seu contrato rescindo com uma gigante de material esportivo após ser acusado de assediar uma funcionária.

"Não há nada a acrescentar porque o atleta Neymar, ao longo desses cinco anos, nunca foi diretamente acusado e processado pela funcionária da Nike", diz a nota oficial enviada à imprensa.

A assessoria do craque diz que também não vai expor detalhes do fim do contrato.

"Não apresentaremos por ora, os documentos que revelam a forma de encerramento do contrato por questões óbvia de estrito sigilo e confidencialidade, em total observância aos princípios éticos e de governança corporativa que devem nortear a conduta de uma companhia", afirma.

Mais cedo, o empresário Wagner Pedroso Ribeiro defendeu seu cliente. Na manhã desta sexta-feira (28), ele compartilhou uma foto ao lado do craque da Seleção Brasileira e acusou a empresa de 'armar uma desculpa' para explicar o fim do contrato com o atleta.

"A Nike não queria mais o Neymar. A Nike não tinha dinheiro para romper o contrato. A Nike pede para uma garota inventar o assédio sexual de Neymar. Depois de 5 anos a Nike completa a estratégia e conta a história", disparou nas redes sociais.

ENTENDA O CASO

Neymar Jr. é o centro de mais uma denúncia de assédio sexual.

Nesta quinta-feira (27), o jornal americano The Wall Street Journal publicou uma reportagem a respeito do fim do contrato do jogador com a marca Nike. Segundo as informações, uma funcionária da empresa teria denunciado o craque por ter tentado forçá-la a fazer sexo oral nele.

Veja: