Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Caso internacional

Neymar Jr. é acusado de assédio sexual e perde contrato milionário, segundo jornal americano

Jogador nega as acusações, mas marca afirma que ele não cooperou com investigação; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 27/05/2021, às 21h34

Neymar é acusado de assédio sexual por americana - Reprodução/Instagram
Neymar é acusado de assédio sexual por americana - Reprodução/Instagram

Neymar Jr. é o centro de mais uma denúncia de assédio sexual.

Nesta quinta-feira (27), o jornal americano The Wall Street Journal publicou uma reportagem a respeito do fim do contrato do jogador com a marca Nike. Segundo as informações, uma funcionária da empresa teria denunciado o craque por ter tentado forçá-la a fazer sexo oral nele.

O caso teria ocorrido em um quarto de hotel na cidade de Nova York, quando a funcionária cuidava da logística em torno da visita do jogador.

A funcionária fez uma denúncia em 2018 à empresa, que iniciou uma investigação, suspendendo a participação do jogador de futebol a partir do ano seguinte em campanhas e encerrando o contrato em 2020, pela suposta falta de cooperação na investigação, segundo afirma Hilary Krane, uma representante da marca.

Neymar nega as acusações. "Neymar Jr. vai se defender de maneira vigorosa contra esses ataques infundados caso alguma queixa seja apresentada, o que não ocorreu até o momento", afirmou uma representante.

De acordo com a funcionária da Nike, a situação ocorreu quando o craque chegou bêbado de uma balada e ela foi orientada a ajudá-lo a entrar no quarto de hotel. Ao ficar sozinha com ele brevemente, ele teria abaixado a cueca e tentado forçar a situação, chegando a persegui-la pelo corredor do hotel, ainda nu.

POLÊMICA COMPARTILHADA

O ex-BBB Gil do Vigor está enfrentando críticas nas redes sociais por participar de um jantar com o jogador Neymar Jr. e outras celebridades em restaurante de São Paulo. Na última segunda-feira (25), ele estava ao lado do craque, do cantor Thiaguinho, do humorista Tirullipa, da ex-BBB Flay e da ex-BBB Munik Nunes

Os seguidores alegam que a atitude do economista é hipócrita, uma vez que ele utilizou suas plataformas digitais diversas vezes para alertar os fãs dos perigos da Covid-19. Observando a situação, o pernambucano utilizou seu perfil para se desculpar.