Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / QUEBROU O SILÊNCIO

Após acidente com vítima fatal, Bruno Krupp se pronuncia e desabafa: “Morrendo”

Após atropelar adolescente de 16 anos, que morreu no hospital, Bruno Krupp se pronuncia e diz que não estava bêbado

Redação Contigo! Publicado em 03/08/2022, às 19h03

Após acidente com vítima fatal, Bruno Krupp se pronuncia e desabafa: “Morrendo” - Reprodução/Instagram
Após acidente com vítima fatal, Bruno Krupp se pronuncia e desabafa: “Morrendo” - Reprodução/Instagram

Ex-namorado da digital influencer Sarah Poncio, nesta quarta-feira (03) o modelo Bruno Krupp quebrou o silêncio e falou pela primeira sobre o acidente em que se envolveu, que terminou na morte de um adolescente de 16 anos, no Rio de Janeiro.

Internado no hospital particular Marcos de Moraes, no Méier, com alguns ferimentos no corpo, o rapaz surgiu em um vídeo, compartilhado pela colunista Fábia Oliveira, do Em Off, onde diz que não tinha ingerido bebida alcoólica no momento em que atropelou o rapaz.

Ele, que não tinha habilitação para pilotar a moto em que estava no momento do ocorrido, disse que não era um assassino e que a ocasião foi um acidente: “Gente, pelo amor de Deus, eu sou a última pessoa que queria que isso tivesse acontecido”, inicia ele.

“Pode ter certeza que eu queria que o pior tivesse acontecido comigo. Eu fui levado de ambulância para o hospital, eu fui transferido de ambulância para outro hospital, eu não fugi do hospital, eu não fugi dos médicos. Eu fiquei três horas esperando no hospital para ser atendido”, revelou o influenciador.

“Ninguém me atendia [no hospital]. Eu estava morrendo no hospital, os empregados me tratando mal, batendo com a maca no corredor, me chamando de assassino, como se eu tivesse feito alguma coisa errada. Eu não bebi, eu não usei drogas, eu não fiz nada, foi um acidente”, finalizou.

Veja:

OUTRAS ACUSAÇÕES

Após se envolver em um acidente que terminou na morte de um jovem de 16 anos, Bruno Krupp teve o nome evidenciado e, na última terça-feira (02) veio à tona outros inquéritos envolvendo o modelo.

Segundo informações do G1, o rapaz, de 25 anos, que pilotava uma moto em alta velocidade sem possuir habilitação, é investigado pela polícia pelos crimes de estelionato e estupro. O crime de estelionato, inclusive, soma um prejuízo de quase meio milhão de reais.