Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / TRISTE

Após 11 anos da morte do filho, Cissa Guimarães faz desabafo: “Sempre sentirei a dor da tua ausência”

Rafael Mascarenhas tinha 18 anos quando acabou sendo atropelado enquanto andava de skate em 20 de julho de 2010

Redação Contigo! Publicado em 20/07/2021, às 08h26

Após 11 anos da morte do filho, Cissa Guimarães faz comovente desabafo e lamenta: “Sempre sentirei a dor da tua ausência” - Reprodução/Instagram
Após 11 anos da morte do filho, Cissa Guimarães faz comovente desabafo e lamenta: “Sempre sentirei a dor da tua ausência” - Reprodução/Instagram

Cissa Guimarães usou as redes sociais durante a madrugada desta terça-feira (20) para fazer um desabafo tocante sobre os 11 anos da morte de seu filho, Rafael Mascarenhas, que faleceu em 2010 após ter sido atropelado em um túnel na Gávea, Zona Sul do Rio.

Na publicação do Instagram, a apresentadora compartilhou diversos registros do garoto, que perdeu a vida quando tinha apenas 18 anos.

Há 11 anos meu filho Rafael virou Anjo, nosso Anjo, imenso demais para ser só meu. Hoje, dia 20 de julho, dia do Amigo, apesar de ainda sentir e saber que sempre sentirei a dor da tua ausência física, celebro e peço, com todo meu, que celebremos todos esses 11 anos de sua Sagrada e iluminada Missão. Continue nos cuidando e nos iluminando meu menino anjo, meu amor!”, disse ela inicialmente na legenda da publicação.

E, prosseguiu. “Tenho tanto orgulho e gratidão de ter sido teu ventre. Rezo para que você continue sendo esse Anjo de Luz para todos nós! Parabéns meu amor! Hoje é teu aniversário na tua nova Vida Abençoada de Luz! Te amo para todo sempre e te celebro com gratidão e amor! Salve Rafael! Obrigada Anjo Rafael! Daqui te mando todo meu eterno amor de mãe!”, finalizou Cissa Guimarães.

VOLTOU!

A apresentadora Ana Maria Bragavoltou ao Mais Você nesta segunda-feira (19) e defendeu que a vacinação foi fundamental em sua recuperação plena da Covid-19.

Com sintomas brandos da doença, ela mandou um recado ao público.

"Como é bom estar de volta (...) Peço desculpas por não ter respondido a todos, fiquei um período quieta, obrigado ao Fabrício, a Talita, por ter tomado conta dessa casa que é nossa. Graças a ter tomado a vacina, foi uma versão leve da doença. Mas, mesmo assim, foram dias de apreensão porque esse vírus é traiçoeiro", disse ela.