Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TRAGÉDIA

Aos 84 anos, morre o cantor Agnaldo Timóteo após complicações da Covid-19

Cantor não resistiu à doença após duas semanas internado em um hospital no Rio de Janeiro

Redação Contigo! Publicado em 03/04/2021, às 15h50

Imagem Aos 84 anos, morre o cantor Agnaldo Timóteo após complicações da Covid-19

Faleceu neste sábado (3) cantor e ex-deputado Agnaldo Timóteo.

Ele não resistiu às complicações decorrentes da Covid-19 e morreu aos 84 anos.

A grande estrela da música brasileira estava internado desde o dia 17 de março na UTI do Hospital Casa São Bernardo, na Zona Oeste do Rio.

Em uma nota oficial, a assessoria do ator se pronunciou brevemente sobre a perda daquele que foi considerado um dos grandes intérpretes da música brasileira.

"É com imenso pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Ele não resistiu às complicações do COVID-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha", disse a família, em nota.

Há uma semana, 10 dias após dar entrada na UTI, Agnaldo Timóteo precisou ser intubado como medida de prevenção para evitar complicações da Covid-19. A notícia veio através de um comunicado da família, que revelou que o quadro de saúde do cantor é grave.

"Por se tratar de uma doença traiçoeira, altos e baixos, a idade e com o intuito de tentar preservar a evolução positiva clínica e laboratorial até o momento e tentar melhorar a lenta recuperação dos pulmões, Timóteo necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva", afirmou o boletim no Instagram.

A CARREIRA

Natural de Caratinga, no interior de Minas Geais, o cantor construiu uma longa carreira com mais de cinco décadas de duração. Começou como intérprete de canções internacionais, mas foi a partir de sua amizade com Angela Maria que se tornou uma estrela de dimensão nacional. Apostando no estilo romântico, gravou versões em português de grandes hits e emplacou vários hits, como "Meu Grito" (1967) e "Mamãe" (1965). Foi também um grande intérprete de Roberto Carlos, a quem recorreu e gravou grandes obras.

Agnaldo Timóteo foi deputado federal e era presença carimbada em vários programas de TV. Inteligentíssimo e ácido, era conhecido pelas declarações polêmicas e por suas convicções.