Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!

"Ser atriz é mais um desafio na minha vida"

Às vésperas de estrear na novela Totalmente Demais, da Globo, a top model Fernanda Motta admite um friozinho na barriga, diz jamais ter recebido proposta parra book rosa e fala de seu lado mãe, esposa e dona de casa

Márcia Piovesan, de Sydney Publicado em 12/11/2015, às 15h13 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Fernanda Motta - Renato Rocha Miranda
Fernanda Motta - Renato Rocha Miranda
Pense em uma modelo internacional lindíssima, solar, inteligente e falante. Ela é, sim, um mulherão! Mas a fachada, no fundo, acolhe uma meninona de 34 anos, cheia de gás, sonhos e humor, louca pela filha, Chloe, e o marido, o empresário Roger Rodrigues, 37. É Fernanda Motta. São 20 anos como modelo, manda muito bem como apresentadora e tem um caso de amor com as câmeras. Ainda assim, claro, está ansiosa às vésperas de estrear como atriz.
Em Totalmente Demais, novela das 7, ela é Daniele, modelo da agência de Arthur, vivido por Fábio Assunção. Na história, os dois têm um caso. Os primeiros passos de Fernanda na nova carreira foram dados em um dos países mais belos do planeta: a Austrália. No mês passado ela, Juliana Paes, Fabio Assunção, Humberto Martins, Marat Descartes e Vivianne Pasmanter gravaram lá cenas iniciais da trama. Sob direção de Luiz Henrique Rios, registraram imagens de tirar o fôlego em Hamilton Island e na praia Whitehaven (uma das dez mais belas que há), no coração da Grande Barreira de Corais, Patrimônio da Humanidade.
Fernanda, que conhece 35 países por causa das passarelas e campanhas publicitárias, ficou fascinada com Sydney, cidade que tem cartões-postais como o Opera House, o Botanical Garden e a belíssima Bondi Beach. Foi nesse cenário paradisíaco que ela falou do atual e desafiador momento!

O que sente às vésperas de se ver como estrela de novela?
Ah, o frio na barriga cresce a cada dia (risos). É uma loucura! Ser atriz é mais um desafio na minha vida e sou movida a desafios, a vida inteira foi assim. No início das gravações, estava bem tranquila. Venho me preparando desde junho, com o elenco e o mestre Eduardo Milewicz (prestigiado diretor de cinema e TV argentino). Viramos amigos, todos se gostam muito e foram generosos comigo.

Tem medo de receber eventuais críticas?
Sempre soube que elas poderão vir e isso não me assusta. Se forem construtivas, ótimo! Do contrário, vou tentar não me importar. Não espero ganhar o Oscar (risos).

Sua filha, Chloe, tem 1 ano e meio. Quem cuida dela em sua ausência? 
Ela nunca fica só com a babá, sempre tem alguém da família junto. É muito amada, feliz e superindependente. A saudade é que não dá para evitar. Sinto quando passo só um dia fora, imagine quando são vários dias! Mas a vida é assim e, graças a Deus, somos muito bem resolvidos em relação a isso.

Como é a mãe Fernanda Motta? 
Muito presente, mesmo. E nos fins de semana cuido dela sozinha, faço questão. Chloe é tudo parama mim, mudou minha vida para melhor. Tudo é muito mais vivo agora, nem sei como vivia sem ela. Amo ser mãe, é uma benção!

Como se vê daqui a 10, 20 anos?
Trabalhando muito, cuidando da minha filha, da minha família e feliz! E na TV, é claro (risos).