Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
BBB / BBB20

Ex-ficante de Pyong Lee revela que foi chantageada por ele: ''A máscara caiu''

Débora Welker conta situação que passou com brother e afirma que ele não tem caráter

Redação Contigo! Publicado em 10/02/2020, às 16h03 - Atualizado às 16h06

Ex de Pyong fala sobre caráter do hipnólogo - Instagram
Ex de Pyong fala sobre caráter do hipnólogo - Instagram

Após a festa mais comentada do BBB20, os acontecimentos da noite continuam dando o que falar. A comissória de bordo Débora Welker, que atualmente vive em Dubai, usou as redes sociais para falar sobre um breve relacionamento que teve com Pyong Lee, que surpreendeu o público após algumas atitudes tomadas na casa.

Em seu Instagram, na madrugada desta segunda-feira (10), a ex-ficante do brother, que havia sido criticada pelos internautas após ter criticado ele, voltou a falar sobre o episódio que viveu com eles alguns anos atrás.

“Só estou passando por aqui para esfregar na cara de vocês que mandaram “mimimi” para mim, defendendo o Pyong Lee. Dá só uma olhadinha no que está acontecendo agora. Oh, Meu Deus, será que a Débora está certa? Estou rindo alto aqui. O sem caráter está começando a mostrar quem ele é. Depois que eu fiz o vídeo criticando o Pyong, várias pessoas vieram me perguntar “nossa, mas ele é um querido, o que ele fez?”, começou ela.

“Eu conheci esse bosta numa festa e a gente ficou. Ele foi todo querido, todo bonzinho, disse que queria namorar sério, e eu trouxa caí no papo dele. Enfim. Ele falou que era solteiro e tudo. Depois que a gente tinha ficado ele falou assim: 'Acho que está na hora de eu te falar uma coisa, tenho namorada na verdade'. Eu falei: O que? Por que você não me falou isso antes. Um monte de mentira. Aí ele: Mas a gente vai continuar ficando. Eu disse que não ia continuar ficando com um homem que tinha namorada. Enfim, não fiquei mais com ele. Passou uns dois meses, eu fui numa festa, conheci outro menino e a gente ficou. E ele me disse que estava com um amigo. O amigo vindo? Quem era? Sim, ele. A gente fingiu que não se conhecia e ele esperou o menino ir ao banheiro. Falei: faz favor de não contar pro teu amigo que a gente já tinha ficado, não tem nada demais. Não tem necessidade de você falar. Eu curti ele. Ai ele: 'É, eu não vou falar, mas você vai ter que continuar ficando comigo. Ele me chantageou para eu continuar saindo com ele, para ele não contar para o amigo dele que eu gostei que a gente tinha ficado".

Débora falou ainda que após esse dia, Pyong insistiu e continuou mandando mensagem para que ela saísse com ele, mesmo com ela negando todas as vezes. “Continuei negando, até que do nada o amigo dele terminou comigo por mensagem, me bloqueou em tudo, eu não tenho ideia de que história ele inventou. E o pior é que ele não é uma pessoa sem caráter só para relacionamento e traição. Ele é uma pessoa extremamente arrogante, que humilha os outros. Sabe aquele tipo de pessoa que trata o garçom mal? Ele é mentiroso, falso. Só que ele é inteligente, então é extremamente manipulador. É um ator nato. Ele não tem caráter. Ele humilha as pessoas, arrogante. Se acha pra c**** porque tem dinheiro. Se acha o famosão. É uma pessoa insuportável."

Welker termino o relato dizendo que estava muito feliz pela máscara de Pyong finalmente ter caído.