Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Vem aí!

O Tempo Não Para: Conheça a trama da nova novela das 7

Como seria se alguém de 1886 encontrasse um celular pela primeira vez na vida, em 2018? Essas e outras questões serão a base da história de O Tempo Não Para, nova trama das 7, da TV Globo, que tem no elenco Edson Celulari, Juliana Paiva e Nicolas Prattes

Tainá Goulart Publicado em 31/07/2018, às 11h01 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

O Tempo Não Para - Rogerio Pallatta
O Tempo Não Para - Rogerio Pallatta

De um lado, a turma do passado. Do outro, a dos contemporâneos. Pode até parecer prova de resistência do Big Brother Brasil, mas é o enredo da próxima aposta da TV Globo, a nova novela da 7, O Tempo Não Para. A trama conta a história da família Machado, que acaba congelada, em 1886, durante uma viagem de barco até a Inglaterra. Eles despertam em 2018, com todas as revoluções sociais e inovações tecnológicas dos tempos atuais. “Imagine uma pessoa que pula direto do século XIX para o XXI e se depara com celular, carro, avião? Assim tem início esta história linda e apaixonante! Desde que ouvi a primeira informação da minha personagem, já caí de amores. O novo me atrai muito e é um desafio incrível, o primeiro papel de época que eu faço!”, revelou Juliana Paiva, 25 anos, a intérprete de Maria Marcolina, mais conhecida como Marocas. Ela é filha de Dom Sabino, papel de Edson Celulari, 60, e Agustina, interpretada por Rosi Campos, 64. Marocas é considerada uma moça à frente do seu tempo. “Acho que, nos dias atuais, ela seria uma ativista, alguém que luta por suas crenças. Dom Sabino a criou para o mundo. Eles são de um outro tempo, mas terão uma rápida adaptação, pois já tinham um pensamento moderno”, destacou a protagonista, durante o primeiro encontro com a imprensa, realizado em São Paulo, na sede paulistana da Rede Globo

ESPÍRITO PROTETOR

Para Edson, o conflito de gerações é o grande destaque da obra, escrita por Mario Teixeira, 50, e com direção artística de Leonardo Nogueira, 39. “Este choque de idades sempre rende muito na dramaturgia. Para o meu personagem, me preparei com aulas de boas maneiras, como sentar, comer, andar. Além disso, é legal poder ver o deslumbre e até a frustração do Dom Sabino com a modernidade. Ele foi congelado antes da abolição da escravatura, mas, quando vê Eliseu (personagem de Milton Gonçalves, 84) carregando uma carroça de lixo reciclável, se pergunta: ‘Mas que abolição foi essa? Eu não deixaria meus escravos fazerem isso, pois é serviço de cavalos’”, revela o ator, que contracenará com Nicolas Prattes, 21, o Samuel. O jovem, da turma dos atuais, viverá um empresário sustentável de sucesso e filho de Christiane Torloni, 61, a Carmen. Samuca será o responsável por achar, no mar, o iceberg congelado com as pessoas de 1886. “Após a grande descoberta desse bloco de gelo, ele será o único a permanecer na água até a chegada da polícia. Por causa disso, se sentirá como uma espécie de protetor dessa família e, consequentemente, da Marocas, por quem se apaixonará. Vou ter que pedir a mão da jovem para o Dom Sabino, mas acho que ele não vai querer ter um genro tão moderninho (risos)”, revela Nicolas, sempre com o bom humor estampado no rosto. Ainda estão no elenco Aline Dias, 26, Cris Vianna, 41, Bruno Montaleone, 21, Felipe Simas, 25, e Carol Castro, 34, que volta ao trabalho depois de dar à luz Nina, hoje com 10 meses

A VILÃ DA VEZ

O problema do fascínio de Samuca por Marocas? O rapaz já é noivo de Beti - na, interpretada por Cleo Pires, 35, que retorna às novelas dois anos depois de seu último folhetim, Haja Coração (TV Globo). Ela será a vilã da história e usa - rá todas as suas armas para tirar a rival do caminho. “Betina é focada, deter - minada, moderna, pra frente mesmo. Quando vê que essa menina apareceu, do nada, ela usa todas as armas, morais e imorais, para conseguir o amor de vol - ta. Para a Betina, é uma questão muito pessoal. A parte do ciúme eu súper me identifico, mas isso de passar por cima de valores e coisas importantes, de jeito nenhum”, explica a atriz. Para o papel, Cleo mudou o visual: cortou e clareou bastante os cabelos. Voltar à TV não implicará em dar uma pausa sua carreira de cantora. Ela lançou, recen - temente, seu primeiro EP, Jungle Kid.

DESACELERAR A VIDA

Grande parte das gravações da trama está acontecendo em São Paulo. Os congelados deram o ponta pé inicial nos ensaios. “Começamos nossa esca - lação separando os personagens antigos dos contemporâneos. A preparação dos mais velhos (risos) foi antes porque eles precisam criar novos hábitos”, revela o diretor artístico. Leonardo fez questão de impedir que os dois grupos se cru - zassem antes de dar início às gravações das cenas referentes ao tempo atual. “Foi somente no set que esse encontro aconteceu, pois eu queria preservar essa surpresa de ver algo diferente e muito antigo. Todos nós tivemos que reeducar o olhar”, explica ele. Para Christiane, aliás, a trama vai modificar também outros valores, como a ética, a força da palavra e a relação que as pes - soas possuem com a tecnologia. “Antes, era um absurdo mandar e-mail às 5h da manhã. Hoje, porém, isso ficou normal. Precisamos nos respeitar e entender o tempo das coisas. Por mais que tenha - mos evoluído e estejamos obrigados a viver correndo, no final, você quer ter uma vida simples”, finalizou ela.