Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Polêmica

Luisa Mell volta a desabafar nas redes sociais e nega que seja racista

Ativista foi contra decisão do STF que permite sacrifício de animais em cultos religiosos

Redação Contigo! Publicado em 02/04/2019, às 13h21 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Luisa Mell - Reprodução/Instagram
Luisa Mell - Reprodução/Instagram

Luisa Mell é protagonista da polêmica da semana nas redes sociais. No Facebook, a ativista se manifestou contra a decisão do STF, que legaliza o sacrifício de animais em cultos religiosos. 

"Degolar este inocente cachorrinho, se for em ritual religioso, está liberado! Esta foi a triste decisão do STF ontem!", postou no Facebook, junto à imagem de um cachorro.

O desabafo da ativista dividiu opinião nas redes sociais, gerando críticas em relação a um suposto racismo, já que sua fala fere os costumes das religiões afro-brasileiros. 

No Instagram, Luisa voltou a falar sobre o assunto. "Se eu lutar contra a mutilação genital feminina que é realizada em algumas tribos africanas tudo bem? Ou eu também vou ser considerada racista?", saiu em defesa. 

"Não vou ser considerada racista porque a vítima é uma pessoa, aí 'tudo bem', a luta é válida. A gente parte sempre do princípio que a dor dos animais importa menos que qualquer coisa do ser humano. Isso eu enfrento em todas as minhas lutas", completou.