Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Famosos

Cristiana Oliveira conta que não tinha uma boa relação com seu par em 'Pantanal'

Em entrevista ao Sensacional, a atriz fala dos problemas que teve na adolescência

Redação CONTIGO! Publicado em 22/11/2018, às 16h07 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Cristiana Oliveira - Divulgação/RedeTV!
Cristiana Oliveira - Divulgação/RedeTV!

No programa Sensacional desta quinta feira, 22, a apresentadora Daniela Albuquerque irá receber a atriz convidada Cristiana Oliveira. A atriz revela o que fez para trocar de personagem e interpretar Juma na novela ‘Pantanal’ de 1990.

Quando ele [o diretor da novela, Jayme Monjardim] me ofereceu, ele me ofereceu a personagem da muda, mas quando eu li a Juma eu me apaixonei por ela e falei 'não, eu tenho que fazer'. E aí fiquei insistindo com o Jayme”, relembrou. Após muita luta e espera soube que o papel seria dela.

Questionada se ao longo da carreira precisou contracenar com alguém com quem estivesse brigada, ela surpreendeu ao confessar que não se dava bem com seu par romântico em 'Pantanal'. “Olha, eu e o Marcos Winter, a gente não se dava muito bem na época de Pantanal, não. Não que a gente se desgostasse, não existia essa de desgostar, mas a gente era de praias diferentes, entendeu? Só que hoje é uma pessoa que eu amo, que o meu caminho de vida e o caminho de vida dele, de repente a gente se encontrou e a gente se ama, se admira, e é outra coisa, mas na época, como eu estava começando, talvez tivesse um pensamento diferente dele”.

A atriz revela que o motivo principal que fez com que ela fugisse para São Paulo foi os problemas com a balança que teve na adolescência. “Eu comecei a não ir mais à escola e comecei a mentir para os meus amigos. “Eles iam para lá e falavam ‘o que aconteceu com a Cristiana, ela não está mais frequentando a escola’ e tal, e aí depois resolvi fugir para São Paulo, para conhecer pessoas que gostassem de mim do jeito que eu era”. Fiquei um mês sem falar com ninguém da família”, disse ela.

Para conseguir se manter, Cristiana conta que teve de trabalhar em um supermercado e que se sentiu culpada pela que havia feito. “Nesse meio tempo a culpa veio e eu entrei em contato com a minha irmã que morava aqui, ela avisou meus pais e eles me receberam. Achei que eles fossem me receber com bronca, né, mas me receberam da melhor maneira possível, me abraçaram, me acolheram”.

O programa vai ao ar hoje, às 22h45, na rede TV