Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Últimas / Barraco

Bruna Marquezine se revolta, responde Leo Dias e solta o verbo: ''Nunca me respeitaram''

Barraco: Apoiada pelos fãs, ela mandou recado e acusou desrespeito no tratamento que recebe

Redação Contigo! Publicado em 22/03/2019, às 15h24 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Bruna Marquezine e Leo Dias - Reprodução
Bruna Marquezine e Leo Dias - Reprodução

A atriz Bruna Marquezine respondeu o jornalista Leo Dias e se revoltou com um post nas redes sociais.

Isso porque o programa Fofocalizando decidiu não exibir uma entrevista polêmica com a atriz. Leo Dias alegou "respeito", o que rendeu um desabafo da global.

"O material não vai ar porque - e ainda bem, porque retoma a minha crença na bondade humana - o público se manifestou em sua grande maioria a meu favor quando viram as chamadas para essa suposta matéria. Há muito tempo narrativas fictícias e distorções absurdas de fatos (que nunca levam em conta consideração ao próximo, responsabilidade emocional, empatia e humanidade) tomam conta especialmente do ambiente midiático e das redes sociais. Elas são construídas e alimentadas com a única finalidade de dar audiência e cliques a qualquer preço. (...) Esse programa e essse jornalista nunca me respeitaram como pessoa, como cidadã e nem como profissional", disse.

ENTENDA

A atriz Bruna Marquezine não gostou de uma pergunta feita por uma repórter do programa. Uma jornalista pergunta para a atriz quem ela torce que fique com Anitta: Neymar ou Gabriel Medina. Revoltada com a pergunta, ela esbraveja. “Você jura? Você não tem vergonha de perguntar isso não?”. A jornalista então diz que estava apenas fazendo o seu trabalho.

A entrevista seria exibida nesta sexta-feira (22), mas o programa desistiu de mostrar a íntegra aos telespectadores. Em uma publicação nas redes sociais, Leo Dias justificou a decisão. 

"A entrevista com Bruna Marquezine nao será mais exibida no Fofocalizando. Por respeito à atriz", disse.

Nas redes sociais, vários fãs já haviam criticado o programa e consideraram a pergunta indelicada.