Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Amor

Após lamentar morte de bebê, Eliana volta a sorrir com Maiara e Fernando

Depois de notícia triste, apresentadora conta que amor de Maiara e Fernando a fez voltar a se sentir feliz

Redação Contigo! Publicado em 07/05/2019, às 15h37 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Eliana - Reprodução / Instagram
Eliana - Reprodução / Instagram

A apresentadora Eliana voltou a sorrir ao ver o amor entre os cantores sertanejos Maiara e Fernando.

Depois de lamentar a morte de uma bebê por causa de uma doença grave, a artista contou que conseguiu se alegrar ao ver que o casal de amigos está cada vez mais apaixonado.

Em suas redes sociais, a loira assistiu ao pedido de namoro de Fernando para Maiara, com direito a muito romantismo, flores e passarinhos. Logo depois, ela fez questão de parabeniza-los pelo amor entre eles.

“Depois do post que eu coloquei nos Stories, eu estava meio tristinha e acabei de ver uma declaração de amor do Fernando pela Maiara. E eu fiquei feliz, mas tão feliz por você, Maiara. Como o amor melhora o dia da gente, como o amor é transformador, e que bonito você estar vivendo isso. Aproveita cada segundo! Um beijo enorme”, afirmou.

NOTÍCIA TRISTE

A apresentadora Eliana emocionou os fãs nesta terça-feira (7) ao publicar uma homenagem para uma bebê que faleceu após lutar contra a AME, atrofia muscular espinhal. 

Em uma publicação nas redes sociais, ela lamentou o drama vivido por uma mãe.

“Meu Deus…mais uma criança se foi por causa da AME (Atrofia Muscular Espinhal). Que Deus conforte esta mãe e toda a família”, disse ela.

Mãe de dois, o primogênito Arthur e a caçulinha Manuela, Eliana é envolvida em causas sociais e sempre usa as redes sociais para ajudar outras mamães. Recentemente, ela publicou um tocante desabafo no Dia Mundial de Combate à Doenças Raras.

“Aproveito pra lembrar de uma causa que se tornou muito importante pra mim e pela qual venho batalhando há mais de um ano: ajudar as crianças com AME (atrofia muscular espinhal), uma doença fatal quando não tratada. A única esperança é o Spinraza, um medicamento caríssimo e que ainda não está no SUS. A Mayla e a Lele são exemplos de crianças que evoluíram muito com o tratamento adequado, que deveria estar disponível para todos. Quero agradecer aos que me ajudaram e me ajudam até hoje, e também fazer o meu apelo ao Ministério da Saúde para que essa inclusão aconteça o quanto antes”, afirmou em uma publicação.