Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Últimas / Tristeza

Ana Paula Pituxita quebra o silêncio sobre vídeo em que violenta o próprio corpo

Ex-Paquita relata abusos e justifica cortes contra seu corpo: ''Eu estava com ódio de mim''

Redação Contigo! Publicado em 16/05/2019, às 09h57 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Pituxita - Reprodução
Pituxita - Reprodução

A ex-Paquita Ana Paula Pituxita abriu o coração em entrevista ao Superpop desta quarta-feira (15) e falou sobre o drama que vive.

Ela relatou em detalhes a relação turbulenta com o ex-marido e afirmou que estava fora de si ao violentar o próprio corpo.

"Ele me jogou nos tijolos. Chegou em um nível que não tinha mais respeito das duas partes. Eu comecei a ficar em pânico, estava com ódio de mim. Peguei a minha unha e comecei a me rasgar. Quando eu vi que estava lascaada o tijolo, rasguei ainda mais. Eu estava querendo me arranhar, estava com ódio de mim", disse ela.

Pituxita seguiu contando em detalhes o que aconteceu logo após.

"Quando ele voltou e viu aquela situação, falou: 'você é louca, eu não fiz nada disso'. Ele já tinha me agredido, eu não precisava me rasgar. Eu fui me machucando porque estava com ódio de mim. No dia que fiz o corpo de delito devia ter falado que também me rasguei. Esse foi meu erro, mas fiquei com medo", diz.

Ela conto que tem medo do ex-companheiro. "Todos os dias, ainda penso. Achava que ele poderia me matar. A gente dormia em quartos separados."

"Ninguém sabia, nem pessoas do meu passado, assessora, advogado. Nunca tinha feito nada contra minha vida ou meu corpo. Tenho que falar a verdade, vou ser punida. Estou com vergonha pelo meu ato, não fiz contra ele, mas contra mim. Eu errei, eu me envergonho, na hora do desespero, eu fiz. Peço desculpas ao meu público."