tv   / CORAJOSO

William Bonner desabafa no JN, critica 'loucos e irresponsáveis' e manda recado: ''Nós não vamos desistir''

Jornalista quebrou o protocolo e disse que vai seguir noticiando o agravamento da pandemia; veja na íntegra

Redação Contigo! Publicado quinta 14 janeiro, 2021

Jornalista quebrou o protocolo e disse que vai seguir noticiando o agravamento da pandemia; veja na íntegra
William Bonner desabafa no JN e emociona a web - Reprodução/Instagram

O jornalista William Bonner fez um desabafo no Jornal Nacional desta quinta-feira (14) e reiterou a importância da imprensa na cobertura da pandemia.

Em tom de cansaço, o jornalista abriu a divulgação dos dados diários de casos e mortes causados pela Covid-19 criticando a proliferação de notícias falsas e reiterando que a informação é essencial para vencer o vírus.

Sem citar nomes, ele criticou duramente quem espalha informações sem comprovação científica.

"Nesse momento, infelizmente, ao invés de dar as notícias, trazer as informações corretas, nós estamos esgrimando com loucos, irresponsáveis, gente que é capaz de entrar num WhatsApp da vida e sair espalhando mentiras, a bel-prazer. As mentiras mais absurdas. Crendices. Tem gente que faz isso vestido de cargo público", declarou ele.

Ao fim, Bonner ainda disse que ao redor do mundo praticamente todos os jornalistas lidam com a desinformação.

Leia na íntegra o desabafo do jornalista:

Chega aquele momento em que eu ou Renata Vasconcellos aparecemos aqui ao lado do Alan Severiano que está em São Paulo - hoje por acaso é a Ana Luiza Guimarães. Você já sabe o que vai acontecer agora. Mas eu só queria lembrar, que se nós fazemos isso todo dia é porque nós estamos cumprindo um dever profissional. Nós estamos aqui e todos os jornalistas do planeta Terra. Nesse momento, infelizmente, ao invés de dar as notícias, trazer as informações corretas, nós estamos esgrimando com loucos, irresponsáveis, gente que é capaz de entrar num WhatsApp da vida e sair espalhando mentiras, a bel prazer. As mentiras mais absurdas. Crendices. Tem gente que faz isso vestido de cargo público.  Mas nós não vamos desistir. É nosso dever profissional. A gente tá defendendo aqui a nossa profissão, mas a gente tá defendendo aqui a sociedade. A nossa aqui no Brasil e cada colega nosso em cada país desse planeta. 

Último acesso: 24 Jan 2021 - 06:55:46 (1136740).