Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / "É UM FILHO"

Revolucionário, personagem Louro José foi criado por Ana Maria Braga em 1996: "É um filho"

Saiba como foi o processo de criação do boneco que foi copiado e imitado ao longo dos últimos 20 anos

Redação Contigo! Publicado em 01/11/2020, às 17h44 - Atualizado às 18h51

Louro José: a criação do personagem - Reprodução
Louro José: a criação do personagem - Reprodução

Um dos mais icônicos personagens da TV brasileira, o Louro José foi criado por Ana Maria Braga em 1996.

Desde o início, a ideia foi criar um co-apresentador que dividisse o comando do programa com a loira. 

“Precisava ser um bicho que falasse, que interagisse comigo, mas não podia ser cachorro, porque cachorro não fala, passarinho não fala. E, por eliminação, decidimos pelo papagaio. Eu tenho um em casa chamado Louro José. Ele fala e assobia o hino nacional", declarou na época.

A equipe do extinto Note e Anote, da Record TV, imediatamente iniciou a produção do personagem que já teve muitos visuais diferentes.

"Fiz um primeiro rascunho do desenho e pedi para uma pessoa que desenvolvia bonecos fazê-lo. Ele nasceu todo mambembe. Depois a gente foi ajeitando, mudando a espuma, até que ele virou global – aí ficou um astro, lindo. É um filho mesmo", disse ela no depoimento. 

A ESCOLHA DE TOM VEIGA

Imediatamente, a emissora começou a realizar testes para decidir quem interpretaria o personagem. Tom Veiga atuava como assistente e já demonstrava características para interpretá-lo. A própria Ana Maria Braga sugeriu que ele fizesse um teste como manipulador do personagem.

“O Louro José é encrenqueiro, rabugento, xavequeiro, galanteador, mas é muito divertido, inteligente. Às vezes, quando eu revejo um programa, eu me pego dando risada. Eu dou risada com o Louro. O legal na personalidade dele é que cresceu, mas continua uma grande criança", declarou.

Ele também falou ao Memória Globo sobre o momento de criação do personagem.

"Eu estava brincando com o boneco na produção, tirando sarro do pessoal que trabalhava com a gente, e ela [Ana Maria Braga] viu e gostou. Ela falou: 'Amanhã você entra no ar como Louro José, tá?", contou ele.