Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
TV / TV

Luis Lobianco sai em defesa de Cacau Protásio após caso de racismo de bombeiros

Ator defende atriz em caso de racismo: 'Racismo é crime na constituição brasileira'

Redação Contigo! Publicado em 27/11/2019, às 15h11 - Atualizado às 15h12

Luis Lobianco sai em defesa de Cacau Protásio após caso de racismo de bombeiros - Instagram
Luis Lobianco sai em defesa de Cacau Protásio após caso de racismo de bombeiros - Instagram

O ator Luis Lobianco emocionou seus seguidores ao enviar uma mensagem de apoio para a atriz Cacau Protásio após ela ser atacada por bombeiros com mensagens racistas e gordofóbicos.

Ele saiu em defesa da amiga ao falar sobre a personalidade e profissionalismo dela.

"Eu poderia gastar mil linhas aqui falando sobre a covardia dos racistas, misóginos, gordofóbicos e homofóbicos mas tenho fé que esse episódio vai ter consequências. Racismo é crime na constituição brasileira e o Corpo de Bombeiros é uma instituição que sempre colocou humanidade em primeiro lugar, não combina. Estou lendo tantos comentários de apoio e isso dá a dimensão do quanto essa mulher é amada! Nunca duvide, meu amor! É como diz a música de Ednardo "Eles são muitos mas não podem voar"", afirmou. 

Luis também fez elogios para Cacau. "Há 5 anos tenho a sorte de ser o par da Cacau Protásio. Teresinha e Reginel vivem uma paixão ardente e platônica no Méier mas na vida real o amor foi possível, à primeira vista. Respeito, colaboração, alegria e verdade. Amor de amigo, sabe? A maior riqueza de uma vida", afirmou ele, que completou:

"Cacau é uma mulher honesta, responsável, inteligente, empreendedora, comprometida com trabalhos sociais, fashion, linda, engraçada, sensível, talentosa, uma deusa, uma louca, uma feiticeira.... ela é um Sol! Em cena eu sou espectador dela. Me recolho todinho e trabalho pra ela brilhar. Não que ela precise disso, brilha de qualquer jeito. Mas me faz bem ser reverente ao espaço que ela conquistou na marra e no talento. Preciso nem dizer, né? Quem assiste me vê babando e quicando de rir"